J. K. Rowling deixa lista de bilionários por um motivo nobre: a caridade!

A escritora e roteirista britânica J. K. Rowling, 54 anos, consagrada pela série de livros Harry Potter (1998-2007), se tornou uma bilionária ainda jovem, quando a saga do bruxinho, abraçada por jovens e adultos do mundo todo, batia a marca de 500 milhões de exemplares vendidos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Conhecida pelo estilo de vida simples e pacato, Rowling logo se embrenhou na causa filantrópica, se tornando grande financiadora de dezenas de projetos e instituições de caridade.

Ajuda para construir casa pra idoso que vive em condições desumanas

Ao longo dos últimos vinte anos, a escritora, que já passou por dificuldades na infância, ganhou tanto dinheiro quanto doou: foram milhões de dólares destinados à entidades de apoio a pessoas com esclerose (como a esclerose lateral amiotrófica) e organizações pelos plenos direitos das crianças e dos animais.

J. K. Rowling doa R$ 650 milhões para caridade e deixa lista de bilionários
Via

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Em 1997, J. K. Rowling escreveu o primeiro livro da série Harry Potter, A Pedra Filosofal, que ganhou uma adaptação cinematográfica quatro anos depois. O livro foi um grande sucesso literário.

Em 2004, seus ganhos com a franquia de livros e filmes a colocaram na famosa “lista dos bilionários” da Forbes.

Doação para instituições de caridade

Rowling figurou na lista por sete anos, enquanto doava grandes somas de dinheiro à filantropia. Ao todo, estima-se que a escritora tenha doado mais de 160 milhões de dólares (R$ 665 milhões), cerca de 16% de todo seu patrimônio líquido, suficientes para ‘tirá-la’ da lista desde então.

“Tenho uma responsabilidade moral, de que quando lhe é dado muito mais do que [você] precisa, é preciso fazer coisas sábias e doar de forma inteligente”, afirmou.

J. K. Rowling
Via

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Além da doação a instituições de caridade, Rowling repassou uma grande quantia em dinheiro para ajudar na construção de um centro de neurologia regenerativa na Escócia, referência em toda a União Europeia.

Leia também: 

J. K. Rowling também fundou a Lumos em 2005, uma instituição beneficente criada ao lado da baronesa Emma Nicholson de Winterbourne, membro do Parlamento Europeu. A entidade tem por objetivo implementar plenamente a convenção das Nações Unidas sobre os Direitos da Criança em toda a Europa e no mundo inteiro.

Ajuda para construir casa pra idoso que vive em condições desumanas

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

J. K. Rowling
Via

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fonte: Shareably/Foto de capa: Via

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,857,801SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Após Madonna compartilhar vídeo, brasileira Maria Solange ganha tratamento em clínica de reabilitação

Histórias como esta mostram o poder das redes sociais, que podem e devem ser usadas para promover o bem. Fã confessa de Madonna desde...

Mulher trans realiza sonho da gravidez graças à sua melhor amiga

Elas nunca tiveram um romance, mas, sim, uma grande amizade, que faz de tudo pela felicidade uma da outra.

Menino de 2 anos faz amizade inseparável com esqueleto e encanta a internet

Theo, de 2 anos, tem um melhor amigo que é único nesse mundo: um esqueleto! A mãe dele, Abigail Brady, encontrou o esqueleto no porão...

Pesquisadores brasileiros sequenciam genoma do coronavírus registrado no país

Em apenas dois dias, pesquisadores brasileiros conseguiram fazer o sequenciamento do genoma do coronavírus encontrado no primeiro caso suspeito no Brasil. O sequenciamento ajuda...

Prefeito chileno doa 100% do seu salário para comprar comida para a população carente

Sem paciência para esperar a ajuda humanitária prometida pelo governo, o prefeito de uma comuna (pequena cidade) do Chile, Jorge Jil, decidiu doar todo...

Instagram