Doação de sangue: Tudo o que você precisa saber para doar durante a pandemia

A doação de sangue é um ato simples, rápido, seguro e que pode salvar vidas. Ainda assim, constantemente os bancos que armazenam este tipo de material funcionam abaixo dos limites desejados pelas organizações.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com a pandemia do novo coronavírus, os bancos de sangue têm registrado uma queda de doadores próxima aos 20%. Instituições, como o Hemorio, estão em alerta pelo baixo nível dos estoques.

Com o intuito de informar e promover a doação de sangue durante a pandemia de Covid-19, a equipe do Razões preparou um material informativo super completo e que pode tirar suas principais dúvidas sobre os requisitos e o que é preciso para realizar a coleta.

Há algum risco de contaminação durante a doação de sangue?

Fique tranquilo! Além de todos os materiais usados para a coleta de sangue serem estéreos ou descartáveis, não é necessário em momento algum remover a máscara. Os centros de coleta foram preparados para receber os doadores durante a pandemia, respeitando sempre o distanciamento mínimo de 2 metros, por exemplo.

Outras medidas, como a proibição de acompanhantes para evitar aglomerações, e a instalação de painéis de acrílico para proteger os profissionais de saúde, colaboram para uma doação ainda mais segura.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

profissional segura materiais para doação de sangue
Foto: Rovena Rosa / Agência Brasil

Quem teve Covid pode doar sangue?

Caso você tenha sido diagnosticado com o novo coronavírus, deve aguardar 30 dias desde o término dos sintomas para realizar a doação.

Se após a visita ao hemocentro o doador apresentar febre ou sintomas de gripe, deve informar imediatamente o local no qual houve a doação para que sua bolsa de sangue seja identificada.

Fui vacinado contra o novo coronavírus. A partir de quando posso doar?

Depende! Caso você tenha sido vacinado com a vacina CoronaVac/Butantan, estará liberado para a doação de sangue apenas após 48 horas. Já os imunizados com a Oxford/AstraZeneca devem aguardar, pelo menos, uma semana até procurar um hemocentro.

No geral, quem pode doar e quais os requisitos?

Qualquer pessoa que tenha entre 18 e 69 anos e pese mais de 50 kg pode procurar os centros de doação de sangue espalhados pelo Brasil. Em algumas cidades do país, jovens de 16 e 17 anos também podem doar, mas precisam de autorização dos responsáveis.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O que é preciso para doar sangue? Qual a preparação?

A doação de sangue é simples e não exige preparações na noite anterior ou no dia da coleta. Nas horas que antecedem o procedimento, os dadores devem apenas evitar o consumo de alimentos gordurosos, bebidas alcoólicas e cigarros.

Não é necessário qualquer tipo de jejum para realizar a doação. Os centros de sangue no Brasil, inclusive, alertam para os perigos da hipoglicemia – a baixa concentração de açúcar no sangue.

Leia mais: Transplante inédito de traqueia leva esperança a pacientes intubados por Covid-19

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

pessoa doando sangue
Foto: Pixabay / Ahmad Ardity

Quem tem tatuagens ou piercings pode doar?

Se você fez alguma tatuagem ou colocou piercing, deve esperar por, pelo menos, um ano antes de doar sangue. Caso seu piercing tenha sido colocado em cavidade oral ou região genital, você só poderá doar um ano após a remoção do acessório.

Lactantes podem doar sangue?

Sim, gestantes podem doar sangue caso o pré-natal não apresente problemas. Porém, as mamães que acabaram de ter seus bebês devem esperar um pouquinho. Em caso de parto natural, a grávida deve aguardar três meses. Já as mulheres que passaram por cesarianas, precisam esperar seis meses.

Outras contraindicações

Pessoas que realizaram a extração de dentes devem esperar sete dias para doar, já aquelas que receberam qualquer transfusão de sangue precisam aguardar um ano. Pessoas com anemia e recém-operados são proibidos de doar.

pessoa doando sangue
Doação de sangue caiu até 20% durante a pandemia do novo coronavírus. Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Quanto tempo dura a doação de sangue?

Você ficará de 5 a 10 minutos doando seu sangue, que irá para uma bolsa ao lado da sua poltrona. Após o término, você ficará outros 10 minutos sentado, enquanto descansa. O tempinho é curto, mas o suficiente para salvar até quatro vidas. 🙏

Em quanto tempo meu corpo voltará a ter a quantidade de sangue habitual?

Seu corpo irá recuperar a quantidade de sangue doada em apenas um dia. Após a doação, os hemocentros recomendam a ingestão de líquidos, como água e suco. Evite atividades físicas ou qualquer esforço nas horas seguintes à doação.

Veja também: Filho pede e mãe doa sangue em seu lugar como presente de aniversário

Após doar, para onde meu sangue vai?

Após recolher a doação, os hemocentros realizam uma série de testes para identificar possíveis doenças transmissíveis pelo sangue, além de determinar o grupo sanguíneo daquele material. Em seguida, o sangue é fragmentado em três partes: concentração de hemácias, concentração de plaquetas e plasma.

Após estas etapas, o sangue é liberado para uso em emergências hospitalares e cirurgias eletivas.

Amei doar! De quanto em quanto tempo posso fazer uma doação de sangue?

Homens devem esperar dois meses para doar novamente e podem realizar este gesto de carinho até quatro vezes por ano. Já as mulheres precisam aguardar um pouquinho mais: três meses – devem ser até três doações no espaço de um ano.

 

Quer conhecer mais ações positivas durante a pandemia? Dá o play!

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,835,884SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Criança refugiada que pediu comida a policiais, recebe R$ 30 mil de vaquinha para ajudar a família

O Edwin comoveu muita gente na última semana. Um vídeo dele conversando com policiais, em Manaus (AM), foi de partir o coração. Mas como a...

Mulher gasta R$ 180 mil para levar cachorro idoso para outro continente: “É caro, mas você deixaria seu filho?”

"É caro, mas você deixaria seu filho para trás se mudasse de país?". É assim que Maggie tenta se justificar sobre sua decisão de...

Sekhem: lembre porque você começou

Hoje tive uma reunião difícil. Foi exaustiva, me senti muito sozinha. Parecia que um eco estava me empurrando pra um abismo e eu não...

Herdeira do Bradesco vai doar fortuna de bilhões para fundação beneficente

Aos 77 anos, Lia Maria Aguiar é a filha e herdeira do fundador do Bradesco e recentemente movimentou a internet com seu anúncio de que deseja...

Webdesigner parou de cobrar por seu trabalho e não se arrepende do que aconteceu

Um pai, e diga-se de passagem, de um bebê lindo, à alguns anos atrás chegou na conclusão de que, trabalhar em um emprego tradicional...

Instagram