Doação de sangue: Tudo o que você precisa saber para doar durante a pandemia

A doação de sangue é um ato simples, rápido, seguro e que pode salvar vidas. Ainda assim, constantemente os bancos que armazenam este tipo de material funcionam abaixo dos limites desejados pelas organizações.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com a pandemia do novo coronavírus, os bancos de sangue têm registrado uma queda de doadores próxima aos 20%. Instituições, como o Hemorio, estão em alerta pelo baixo nível dos estoques.

Com o intuito de informar e promover a doação de sangue durante a pandemia de Covid-19, a equipe do Razões preparou um material informativo super completo e que pode tirar suas principais dúvidas sobre os requisitos e o que é preciso para realizar a coleta.

Há algum risco de contaminação durante a doação de sangue?

Fique tranquilo! Além de todos os materiais usados para a coleta de sangue serem estéreos ou descartáveis, não é necessário em momento algum remover a máscara. Os centros de coleta foram preparados para receber os doadores durante a pandemia, respeitando sempre o distanciamento mínimo de 2 metros, por exemplo.

Outras medidas, como a proibição de acompanhantes para evitar aglomerações, e a instalação de painéis de acrílico para proteger os profissionais de saúde, colaboram para uma doação ainda mais segura.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

profissional segura materiais para doação de sangue
Foto: Rovena Rosa / Agência Brasil

Quem teve Covid pode doar sangue?

Caso você tenha sido diagnosticado com o novo coronavírus, deve aguardar 30 dias desde o término dos sintomas para realizar a doação.

Se após a visita ao hemocentro o doador apresentar febre ou sintomas de gripe, deve informar imediatamente o local no qual houve a doação para que sua bolsa de sangue seja identificada.

Fui vacinado contra o novo coronavírus. A partir de quando posso doar?

Depende! Caso você tenha sido vacinado com a vacina CoronaVac/Butantan, estará liberado para a doação de sangue apenas após 48 horas. Já os imunizados com a Oxford/AstraZeneca devem aguardar, pelo menos, uma semana até procurar um hemocentro.

No geral, quem pode doar e quais os requisitos?

Qualquer pessoa que tenha entre 18 e 69 anos e pese mais de 50 kg pode procurar os centros de doação de sangue espalhados pelo Brasil. Em algumas cidades do país, jovens de 16 e 17 anos também podem doar, mas precisam de autorização dos responsáveis.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O que é preciso para doar sangue? Qual a preparação?

A doação de sangue é simples e não exige preparações na noite anterior ou no dia da coleta. Nas horas que antecedem o procedimento, os dadores devem apenas evitar o consumo de alimentos gordurosos, bebidas alcoólicas e cigarros.

Não é necessário qualquer tipo de jejum para realizar a doação. Os centros de sangue no Brasil, inclusive, alertam para os perigos da hipoglicemia – a baixa concentração de açúcar no sangue.

Leia mais: Transplante inédito de traqueia leva esperança a pacientes intubados por Covid-19

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

pessoa doando sangue
Foto: Pixabay / Ahmad Ardity

Quem tem tatuagens ou piercings pode doar?

Se você fez alguma tatuagem ou colocou piercing, deve esperar por, pelo menos, um ano antes de doar sangue. Caso seu piercing tenha sido colocado em cavidade oral ou região genital, você só poderá doar um ano após a remoção do acessório.

Lactantes podem doar sangue?

Sim, gestantes podem doar sangue caso o pré-natal não apresente problemas. Porém, as mamães que acabaram de ter seus bebês devem esperar um pouquinho. Em caso de parto natural, a grávida deve aguardar três meses. Já as mulheres que passaram por cesarianas, precisam esperar seis meses.

Outras contraindicações

Pessoas que realizaram a extração de dentes devem esperar sete dias para doar, já aquelas que receberam qualquer transfusão de sangue precisam aguardar um ano. Pessoas com anemia e recém-operados são proibidos de doar.

pessoa doando sangue
Doação de sangue caiu até 20% durante a pandemia do novo coronavírus. Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

Quanto tempo dura a doação de sangue?

Você ficará de 5 a 10 minutos doando seu sangue, que irá para uma bolsa ao lado da sua poltrona. Após o término, você ficará outros 10 minutos sentado, enquanto descansa. O tempinho é curto, mas o suficiente para salvar até quatro vidas. 🙏

Em quanto tempo meu corpo voltará a ter a quantidade de sangue habitual?

Seu corpo irá recuperar a quantidade de sangue doada em apenas um dia. Após a doação, os hemocentros recomendam a ingestão de líquidos, como água e suco. Evite atividades físicas ou qualquer esforço nas horas seguintes à doação.

Veja também: Filho pede e mãe doa sangue em seu lugar como presente de aniversário

Após doar, para onde meu sangue vai?

Após recolher a doação, os hemocentros realizam uma série de testes para identificar possíveis doenças transmissíveis pelo sangue, além de determinar o grupo sanguíneo daquele material. Em seguida, o sangue é fragmentado em três partes: concentração de hemácias, concentração de plaquetas e plasma.

Após estas etapas, o sangue é liberado para uso em emergências hospitalares e cirurgias eletivas.

Amei doar! De quanto em quanto tempo posso fazer uma doação de sangue?

Homens devem esperar dois meses para doar novamente e podem realizar este gesto de carinho até quatro vezes por ano. Já as mulheres precisam aguardar um pouquinho mais: três meses – devem ser até três doações no espaço de um ano.

 

Quer conhecer mais ações positivas durante a pandemia? Dá o play!

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,429,587SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Participação em coral melhora qualidade de fala de portadores de lábio leporino

Pelo terceiro ano consecutivo, a ONG Smile Train,  que oferece tratamento de fissuras gratuitas ao redor do mundo, promove o Coral do Centro de Fissura Labiopalatal (CEFIL)....

Homem em situação de rua recusa proposta de R$ 2 mil para vender seu cão, Santos (SP)

Amor não se vende! Luiz Fernando Gomes de Araújo vive em situação de rua em Santos, litoral de São Paulo. Ele recusou uma proposta...

Universitário de 92 anos se adapta à tecnologia e nos dá uma linda lição de resiliência e otimismo

Não existe idade certa para realizarmos nossos sonhos e o universitário Carlos Augusto Manço, que entrou na faculdade aos 90 anos, é um dos...

Estudantes do PA criam ecobarreira que impede plástico de chegar ao oceano e são finalistas em prêmio mundial

Uma equipe de estudantes da Universidade Federal do Pará (UFPA), criou uma ecobarreira que bloqueia o lixo plástico nos córregos e canais das cidades....

Em Vila Velha (ES), bebê abraça mãe logo após o parto e vídeo emociona internautas

Qual mãe não adoraria receber um abraço do filhote que acabou de nascer?

Instagram