Doberman tetraplégico que seria sacrificado contraria os médicos e volta a andar

Um Doberman paralisado que, contra todas as probabilidades, aprendeu a andar e a correr novamente, nos lembrando que milagres podem ser alcançados quando uma comunidade se une.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Em abril, Kenny o Doberman perdeu a mobilidade das quatro patas, depois que um trabalhador do canil acidentalmente deixou cair uma porta de metal em seu pescoço. Os médicos sugeriram que o animal ferido fosse sacrificado, pois ninguém achou que ele voltasse a andar.

doberman-aprende-2

“Eu levei ele direto para o neurologista. Ela sabia que não tínhamos a quantia US $8.000 para fazer uma ressonância e uma cirurgia, então ela nos disse apenas para tentar a reabilitação para ver se conseguíamos colocá-lo em pé novamente,” Disse Leslie.

doberman-aprende-3

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Por um mês muito longo, colocamos ele em pelo menos quatro horas de reabilitação por dia. Tentando manter seus músculos flexíveis, o colocávamos na piscina, fazíamos massagem, laser, acupuntura, o colocávamos em pé com assistência e o fazíamos andar com assistência.”

Kenny o Doberman, acabou tendo outras complicações, ele tornou-se tão obstruído que não conseguia mais urinar. Então Leslie McMahon, fundadora do Centro de Reabilitação Física Canina chamado  Two Hands Four Paws, juntamente com Annie Hart, fundadora de um grupo de resgate de animais de Los Angeles, o Bill Foundation, e um grupo de pessoas se uniram e conseguiram pagar para Kenny uma ressonância e uma cirurgia.

doberman-aprende-4

Mesmo após a cirurgia, Kenny passou por muitas outras dificuldades, mas com muita força de vontade conseguiu superar todos os obstáculos, se recuperou e voltou a andar.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Ele é um cão completamente diferente. Ele reaprendeu a brincar, reaprendeu o que são brinquedos, reaprendeu o que são passeios e faz todos os três o dia todo. É apenas uma alegria assistir ele.” Disse Leslie.

doberman-aprende-5

Kenny está atualmente com uma família adotiva e está procurando uma casa definitiva.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM






Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,993,160SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Professor de educação física aposentado que tem pernas amputadas dá lição de vida

O professor de educação física aposentado Túlio Max Ferreira Leite, de 64 anos, precisou amputar suas pernas após um problema circulatório. Apesar da condição ser recente, foi...

Fada skatista de webvídeo que viralizou revela: “Quero ser profissional”

O vídeo da fada skatista, a pequena Rayssa Leal, de só 7 anos, viralizou na web na última quarta-feira, 9. Rayssa é maranhense e mostra...

Sueca impede afegão de ser deportado no avião

A estudante e ativista Elin Ersson teve uma atitude muito corajosa e digna.

No mês do folclore, iniciativa divulga na web projetos inspirados na cultura popular brasileira

Agosto é conhecido internacionalmente como o mês do folclore. Afinal, foi em 22 de agosto de 1846 que o termo foi cunhado pelo britânico...

Gêmeas prematuras fazem sucesso com poses adoráveis em fotos que são de morrer (de fofura!)

As bebês Leia e Lauren nasceram com sete meses de vida. A ideia dos pais de fotografá-las era para informar aos parentes e amigos como as meninas estavam, já que elas passaram um tempo na UTI Neonatal.

Instagram