Documentário mostra como três pessoas de mundo diferentes estão conseguindo acabar com a fome na cidade em que moram

“Algumas pessoas encaram um problema pensando ‘isso é muito grande, eu não posso fazer nada’, mas você nunca sabe o que pode crescer a partir de um gesto…Depois de ver quantas pessoas meu repolho alimentou, eu pensei ‘um repolho ajudou a alimentar 275 pessoas, então quantas pessoas você acha que um jardim pode ajudar?’. E depois de começar este jardim na minha casa, eu fui para minha escola e a partir daí virou uma bola de neve” Katie Stagliano – criadora do projeto Katie’s Krops que começou alimentando pessoas com um repolho de 18 kg.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Eu sei que as matérias aqui do Razões Para Acreditar são para animar nosso dia e manter nossa fé na vida, no amor e no mundo tão intenso em que vivemos e talvez essa matéria cumprirá com esse propósito, talvez não. Talvez ela venha com um pequeno efeito colateral, do qual eu fui vítima: eu me senti pequeno. Eu me senti minúsculo. Esse vídeo é para nos deixar esperançosos, para mostrar exemplos de pessoas incríveis, mas ele me fez pensar “o que eu estou fazendo?” e infelizmente a resposta não é das melhores, claro que eu acredito colaborar de muitos jeitos para um mundo melhor, mas talvez esteja longe de dar o meu melhor.

O documentário The Starfish Throwers mostra em outro nível o que muitos acreditam ser a essência e sentido da vida: a partilha. Partilhar, compartilhar e ter empatia pelas pessoas diferentes de você ou em situação menos favorável à sua é o que muitos juram ser o caminho da felicidade, Jesus, Gandhi e muitos outros líderes espirituais viviam assim. Mas, com o mundo e a correria de hoje nos afastam disso não é mesmo?

Na sinopse do filme diz:

O filme mostra três pessoas de mundos completamente diferentes: um chef de cozinha cinco estrelas, uma menina de 12 anos de idade e um professor aposentado, que descobriram como seus esforços individuais para alimentar os pobres acabou iniciando um movimento na luta contra a fome. Vemos o premiado Chef Narayanan Krishnan, que grande defensor do fim do sistema de castas na Índia, que resolveu sair do seu trabalho em um restaurante cinco estrelas para começar uma vida de cozinhar e entregar – literalmente – na boca de pessoas que não tem o que comer. A partir do plantio de um pé de repolho, quando Katie Stagliano tinha apenas nove anos de idade e culminou na criação da Katie’s Krops, uma organização sem fins lucrativos com 73 jardins dedicados a acabar com a fome. Professor de escola secundária reformado, o Sr. Allan Law trava uma batalha contra os problemas de saúde oferecendo mais de mil sanduíches por noite para os famintos em Minneapolis.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Este documentário conta a história desses indivíduos notáveis e os desafios inesperados que enfrentam. Apesar de serem constantemente lembrados de que a fome é grande demais para uma pessoa só resolver, eles perseveram e veem seu impacto aumentar além de suas ações individuais. Assista o trailer:

documentario documentario2 documentario3  documentario5 documentario6 documentario7 documentario8 documentario9 documentario10

Encontramos também uma palestra de , que mostra um pouco de sua trajetória de ex-chef cinco estrelas para provedor de comida para moradores de rua na Índia:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

 

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

Relacionados

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

995,772FãsCurtir
1,921,710SeguidoresSeguir
9,388SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Magazine Luiza doa 1.000 colchões e travesseiros para moradores de rua em Belém (PA)

Desde o último sábado (21), o Estádio Olímpico do Pará, o Mangueirão, passou a receber centenas de pessoas em situação de rua da Região Metropolitana...

Após ver família comendo restos do lixo, homem abre restaurante para servir pessoas carentes

O dono de um restaurante em Vila Velha (ES) abriu seu estabelecimento para atender gratuitamente pessoas em situação de rua durante a pandemia de...

Angelina Jolie doa R$ 5 milhões para manter merenda de alunos durante quarentena

A atriz Angelina Jolie, 44 anos, doou US$ 1 milhão (R$ 5,2 milhões) para manter a distribuição de merendas escolares para crianças de baixa...

Idosa de 87 anos confecciona máscaras de proteção para distribuir gratuitamente no MA

Sem conseguir encontrar máscaras de proteção, a professora, bióloga e engenheira civil Renatha Costa uniu forças com sua avó, dona Bernarda, 87 anos, para...

Idoso de 80 anos constrói trenzinho para cães que resgatou das ruas

Um idoso de 80 anos passa seu tempo livre operando o que provavelmente pode ser o trem mais divertido do mundo! O senhor Eugene Bostick...

Instagram