Drag queens leem para crianças em biblioteca de Nova York e ensinam sobre diversidade

Há pouco mais de um ano, a Biblioteca Pública do Brooklyn, em Nova York, realiza a Drag Queen Story Hour. O projeto convida drag queens para lerem histórias infantis que divertem e ensinam crianças de todas as idades, desde bebês até crianças do jardim de infância, uma vez por mês.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Criada pela escritora Michelle Tea e a Radar Productions, a iniciativa começou em São Francisco, em 2015, e depois se espalhou por outras cidades americanas, como Nova York, graças à repercussão positiva nas redes sociais.

“Eu vi no Facebook uma publicação sobre o projeto”, disse Rachel Aimee, coordenadora da Drag Queen Story Hour em Nova York, ao The New York Times. “E assim que eu vi disse: ‘Uau, é isso o que eu estava esperando’”.

@lilmisshotmess compares outfits with 2-year old Eva McInnes at the @bklynlibrary . . . #dragqueenstoryhour #dqsh #drag #dragqueen #dragqueens #instadrag #instagood #lgbt #lgbtq #lgbtqi #lgbtfamily #lgbtqfamily #community #nyc #nycdrag #nycqueen #instagood #queer #brooklyn #nyc #love #bkpride #lgbtpride

Uma publicação compartilhada por dragqueenstoryhour (@dragqueenstoryhour) em

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Desde agosto de 2016, o projeto, que é gratuito, atrai centenas de crianças, que aprendem sobre respeito à diversidade de forma lúdica e divertida, numa idade em que elas são abertas para o novo e que o preconceito não está enraizado como nos adultos.

“É incrível ensiná-los sobre autoaceitação de forma geral”, disse a drag queen Lil Miss Hot Mess sobre o projeto à Associated Press.

Harmonica Sunbeam with 3-year old twins Mimi & Alexander 0’Keeffe. . . . #lgbtqfamily #dragqueens #dragqueen #library #childrenarethefuture #drag #instadrag #lgbtq #lgbtqi #library #dragqueenstoryhour #dqsh #instadrag

Uma publicação compartilhada por dragqueenstoryhour (@dragqueenstoryhour) em

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para os organizadores do projeto, a conexão entre as crianças e as drag queens é instantânea e natural, já que os pequenos adoram se fantasiar, sem precisar de um dia específico para dar asas à sua imaginação e sem qualquer tipo de constrangimento, como fazem as drag queens. Os pais também participam e aprendem tanto quanto os filhos.

“As crianças veem as drag queens como pessoas que estão fazendo a mesma coisa, expressando-se criativamente e se divertindo com isso. Além disso, as crianças têm uma compreensão de gênero muito mais fluida do que a maioria dos adultos”, afirmou Aimee.

Veja fotos da Drag Queen Story Hour em outras cidades americanas:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com informações do Daily Mail e The New York Times

fotos: reprodução Instagram/@dragqueenstoryhour

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,765,078SeguidoresSeguir
23,170SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Cães de rua salvam vida de bebê abandonado em beco na Argentina

A equipe médica responsável pelo recém-nascido determinou que ele tem 38 semanas e pesa 2,6 quilos.

Trecho de documentário mostra Domingos Montagner nos ensinando uma bela lição

Os mais velhos se lembram que na infância tínhamos mais tempo para brincar ou simplesmente fazer nada. Mas, o mundo mudou e, hoje, as...

Jaden Smith abre food truck de comida vegana gratuita para desabrigados

O cantor e ator Jaden Smith, 21 anos, filho do astro Will Smith, lançou em comemoração ao seu aniversário, que ocorreu nesta terça-feira (8),...

Cobrador de ônibus que fala 10 idiomas sonha trabalhar em consulado

A história do cobrador de ônibus Edmilson Antonio Silva, de 44 anos, morador de Petrópolis (RJ) ganhou as redes sociais no mesmo dia do...

Aos 12 anos, paranaense adora trabalhar na roça e compartilha seu dia a dia no Youtube

Andrei Weber, de 12 anos, de Planalto, no sudoeste do Paraná, é um verdadeiro jovem do campo. Sua rotina é dividida entre suas atividades escolares...

Instagram

Drag queens leem para crianças em biblioteca de Nova York e ensinam sobre diversidade 3