Drag queens leem para crianças em biblioteca de Nova York e ensinam sobre diversidade

Há pouco mais de um ano, a Biblioteca Pública do Brooklyn, em Nova York, realiza a Drag Queen Story Hour. O projeto convida drag queens para lerem histórias infantis que divertem e ensinam crianças de todas as idades, desde bebês até crianças do jardim de infância, uma vez por mês.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Criada pela escritora Michelle Tea e a Radar Productions, a iniciativa começou em São Francisco, em 2015, e depois se espalhou por outras cidades americanas, como Nova York, graças à repercussão positiva nas redes sociais.

“Eu vi no Facebook uma publicação sobre o projeto”, disse Rachel Aimee, coordenadora da Drag Queen Story Hour em Nova York, ao The New York Times. “E assim que eu vi disse: ‘Uau, é isso o que eu estava esperando’”.

@lilmisshotmess compares outfits with 2-year old Eva McInnes at the @bklynlibrary . . . #dragqueenstoryhour #dqsh #drag #dragqueen #dragqueens #instadrag #instagood #lgbt #lgbtq #lgbtqi #lgbtfamily #lgbtqfamily #community #nyc #nycdrag #nycqueen #instagood #queer #brooklyn #nyc #love #bkpride #lgbtpride

Uma publicação compartilhada por dragqueenstoryhour (@dragqueenstoryhour) em

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Desde agosto de 2016, o projeto, que é gratuito, atrai centenas de crianças, que aprendem sobre respeito à diversidade de forma lúdica e divertida, numa idade em que elas são abertas para o novo e que o preconceito não está enraizado como nos adultos.

“É incrível ensiná-los sobre autoaceitação de forma geral”, disse a drag queen Lil Miss Hot Mess sobre o projeto à Associated Press.

Harmonica Sunbeam with 3-year old twins Mimi & Alexander 0’Keeffe. . . . #lgbtqfamily #dragqueens #dragqueen #library #childrenarethefuture #drag #instadrag #lgbtq #lgbtqi #library #dragqueenstoryhour #dqsh #instadrag

Uma publicação compartilhada por dragqueenstoryhour (@dragqueenstoryhour) em

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para os organizadores do projeto, a conexão entre as crianças e as drag queens é instantânea e natural, já que os pequenos adoram se fantasiar, sem precisar de um dia específico para dar asas à sua imaginação e sem qualquer tipo de constrangimento, como fazem as drag queens. Os pais também participam e aprendem tanto quanto os filhos.

“As crianças veem as drag queens como pessoas que estão fazendo a mesma coisa, expressando-se criativamente e se divertindo com isso. Além disso, as crianças têm uma compreensão de gênero muito mais fluida do que a maioria dos adultos”, afirmou Aimee.

Veja fotos da Drag Queen Story Hour em outras cidades americanas:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com informações do Daily Mail e The New York Times

fotos: reprodução Instagram/@dragqueenstoryhour

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,452,816SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Idoso catador de recicláveis pede ajuda para comprar material escolar para netos

Há alguns meses, seu Sebastião perdeu o amor da sua vida. O enterro foi extremamente difícil para o idoso. Endividado com as contas do...

Aos 89 anos, vovó aceita o convite e é dama de honra no casamento de sua neta

A americana Christine Quinn ia realizar seu grande sonho de casar. Entre tantos preparativos estava o de escolher madrinhas e damas de honra. Ao contrário do...

Funcionários de hospital criam homenagem para doadores de órgãos

A ação desse hospital para incentivar as pessoas a serem doadores de órgãos certamente impressionou muitos por aí. O St. Luke's Medical Center, em...

Surpresa! “As Meninas Superpoderosas” terão uma quarta integrante e ela é tudo que queríamos

Durante anos, nós assistimos e amamos As Meninas Superpoderosas, e nos divertimos muito com Florzinha, Lindinha e Docinho, pois agora a Cartoon Network decidiu...

Centenas de médicos no Canadá protestam contra aumento do próprio salário

Na semana passada, em Quebec - Canadá, centenas de médicos protestaram contra o aumento de seus salários. Isso mesmo! Eles não aceitaram o aumento...

Instagram