Drag queens se mudam para asilo e melhoram a saúde de idosos

Os velhinhos de uma casa de repouso na Austrália sentem que sua saúde melhorou depois que conviveram com duas drag queens durante um mês.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Liam Benson e Naomi Oliver – também conhecidos como Tacky e Paris, as “Motel Sisters” – fizeram muito festa para os moradores da Abel Tasman Village, em Sydney, graças a uma organização sem fins lucrativos chamada Arts + Cultural Exchange. As informações são do Good News Network.

Durante a estadia, as drag queens deram aulas de Zumba, organizaram festa de chá, dias de spa e sessões de aromaterapia.

Teve até um dia em que a dupla organizou uma caça ao tesouro. Os idosos foram desafiados a ajudar as drag queens a encontrarem seus pertences.

It has been so beautiful to see The Motel Sisters in Care project develop and unfold. We’ve been delighted to have @harolddavidstudio documenting the days and activities of such a special residency. ⠀ This project seems to have resonated with many… there’s been visits from @sydneymorningherald and @abcinsydney , and Paris and Tacky were featured on @theprojecttv last Friday! ⠀ After 4 weeks the @motelsisters are wrapping up their residency with some collaging with the residents. It’s been amazing and we look forward to sharing more special moments from the past month with you ✨⠀ .⠀ .⠀ .⠀ #AbelTasmanAgedCare @motelsisters @n40m1o @liam_benson @harolddavidstudio @vicpic7 ⠀ @auscouncilarts ⠀ #MotelSisters #MotelSistersinCare #AgedCare #art #engagement #community

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma publicação compartilhada por I.C.E. (@ice_org_au) em

Os dois artistas tiveram um impacto incrível na saúde dos moradores: houve menos agitação e inquietação entre aqueles que têm demência. A geriatria também fez menos atendimentos do que de costume.

A ideia da diversidade e de inclusão foi abordada com cautela, pois alguns moradores poderiam se negar a participar das atividades oferecidas pelas drag queens.

“Entendemos que colocar uma dupla de drag queens em seu ambiente cotidiano para algumas pessoas pode ser um pouco desconfortável”, disse Tacky para a ABC Radio Sydney.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mas, foi só o tempo dos velhinhos se acostumarem com a presença de Tacky e Paris. Dois dias depois, as drag queens já estavam sendo tratadas como qualquer morador.

“Eles deram um sopro de vida ao lugar”, disse um dos moradores da casa de repouso. “Eles têm sido tão gentis comigo, eu nunca poderei retribuir a sua bondade.”

Essa não é primeira vez que uma terapia pouco comum tem impactos positivos em idosos e pacientes com demência.

Algumas casas noturnas de Londres começaram a organizar “festas rave” como uma forma de lutar contra a solidão de pessoas idosas. Há alguns anos, um médico de Nova York projetou uma casa de saúde com dezenas de animais e plantas que precisavam de cuidados – a taxa de mortalidade despencou. Além desses exemplos, uma pré-escola de Seattle, também nos Estados Unidos, foi construída dentro de um asilo, trazendo alegria tanto para os idosos quanto para as crianças.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Assista ao vídeo:

crédito da foto: ABC Radio Sydney/Harriet Tatham

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,275,963SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Projeto ‘Que ônibus passa aqui?’ ajuda pessoas a descobrir os itinerários dos coletivos

A pergunta se repete: “Que ônibus passa aqui?”. A falta de sinalização nos pontos de ônibus de Porto Alegre levou à iniciativa com o...

Pesquisadores da Bahia criam embalagem de mandioca e coco que se degrada em menos de 6 meses

Ó pai ó o que os baianos desenvolveram! Uma embalagem biodegradável para armazenar a manga de exportação produzida na Bahia. O projeto foi desenvolvido por...

Casal de mulheres que construiu a própria casa ensina serviços de pedreiro e viraliza

Genteeee, que vergonha, nunca na vida teria habilidade para rebocar uma parede! Quanto mais construir uma casa inteira: cancela, não dá pra mim! Pensando bem,...

Jovem cria impressora 3D com recicláveis para imprimir face shields pra profissionais de saúde

Com peças adquiridas de um ferro velho, o jovem Arthur Ribeiro, aluno do 4º ano do Curso Técnico em Mecânica integrada ao Ensino Médio,...

Mães de crianças com doenças raras lutam para conquistar o diploma de graduação

Conheça o projeto Mães Produtivas, que oferece bolsas de estudo para mulheres com filhos nessa condição.

Instagram

Drag queens se mudam para asilo e melhoram a saúde de idosos 2