Em voo bem-sucedido, drone transporta rim a hospital e permite transplante nos EUA

Um voo experimental realizado nos Estados Unidos comprovou que drones não-tripulados podem ser uma ferramenta essencial para transportar órgãos humanos em tempo recorde até as salas de operação.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Considerado “extremamente bem-sucedido”, o voo permitiu o transplante de rim de uma mulher de 44 anos, em Baltimore, no estado de Maryland.

Realizado no dia 19 de abril, ele foi divulgado apenas no final do mês passado pelo Centro  Médico da Universidade de Maryland (UMMC, na sigla em inglês), que recebeu o órgão para transplante.

De acordo com o tabloide Baltimore Sun, o drone saiu do Hospital Saint Agnes e percorreu 4,2 quilômetros em 10 minutos até o UMMC.

Em um carro, o mesmo transporte levaria em média de 15 a 20 minutos, sujeito ainda ao trânsito da região. Segundo os responsáveis pelo experimento, utilizar drones é uma solução suficientemente mais rápida, segura e acessível do que qualquer outro meio de transporte convencional.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia tambémBares e restaurantes brasileiros começam a abrir espaço para a gastronomia sustentável

A empreitada começou há três anos, quando o hospital investiu no desenvolvimento de uma nave não-tripulada que também tivesse sensores internos para monitorar a temperatura e a umidade da caixa durante o transporte.

Drone transporta rim a hospital e permite transplante nos EUA
Drone percorreu quatro quilômetros em dez minutos. Foto: Reprodução / YouTube

Antes do envio de um órgão vital, os pesquisadores fizeram transporte de soro fisiológico e amostras de sangue, dentre outros componentes. Em novembro de 2018, um rim saudável, porém não-viável para transplante foi realizado com sucesso.

“Existe uma disparidade lamentável entre o número de receptores na lista de espera para transplante de órgãos e o número total de órgãos transplantáveis”, afirma Joseph Scalea, cirurgião e líder do projeto.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para o profissional, os drones são a chave para ampliar o número de órgãos transplantados. Segundo dados da Rede Unida para Compartilhamento de Órgãos, a fila de espera por transplante nos EUA tinha 114 mil pessoas em 2018. A expectativa é que a tecnologia possa ajudar mais pessoas a serem atendidas.

Leia também“Comecei lavando louça, agora sou auxiliar de cozinha no restaurante”: projeto abre portas para mercado de trabalho

Compartilhe o post com seus amigos!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: Tecnoblog

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,917,765SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Foto de casal de idosos nus ganha apoio dos internautas e viraliza nas redes sociais

A fotógrafa americana Jade Beall é conhecida pelos seus trabalhos de nu artístico. Recentemente, ela publicou uma foto de um casal de idosos nus...

Esta declaração de amor está inspirando milhares de pessoas na internet

Já foram mais de 200 mil likes na publicação, e milhares de comentários apaixonados.

Biblioteca Humana leva experiências pessoais narradas em vez de livros escritos

Em 2000, nasceu em Copenhagen, na Dinamarca, o projeto Biblioteca Humana, uma iniciativa da ONG Stop the Violence! Logo de cara, ao entrar no site, você lê a...

Jovem mãe adota rapaz de 18 anos e dois adolescentes para salvá-los do abandono

Casey e seu marido Peter eram pastores na igreja e, enquanto trabalhavam com crianças de baixa renda, sabiam que um dia teriam filhos. Mas...

Moradores de Bancroft, no Canadá, ajudam mulher a realizar desejo do seu cão de brincar na neve uma última vez

Uma verdadeira mobilização ocorreu em Ontário, nos Canadá, para conseguir que uma dona levasse sua cachorra Mairead para brincar na neve pela última vez. Depois...

Instagram

Em voo bem-sucedido, drone transporta rim a hospital e permite transplante nos EUA 2