E se a lama que devastou Bento Rodrigues fosse usada para reconstruir casas?

A Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) divulgou uma pesquisa mostrando que é possível transformar o lixo de minério que surgiu com o rompimento da barragem em Mariana (MG) em material de construção.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com esses dejetos, que são basicamente rejeito de lama prensado, seria possível produzir blocos para alvenaria, para pavimentação e para construção sustentável.

Ricardo Fiorotti, pesquisador da instituição, explica que ao tirar a lama das barragens, o impacto ao meio ambiente é menor porque será extraído menos areia, minério, argila e ainda reduz os volumes de sólidos nas barragens de rejeito.

Uma das alternativas é captar os rejeitos de forma bruta e aplicar na elaboração de pré-fabricados, como tijolos, blocos de pavimentação urbana, canaletas e postes.

A outra opção é separar da lama, a areia, a argila e o minério de ferro, sem a utilização da água.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Que está produzindo os blocos é o empresário Claúdio Silva que acredita que essa possa ser  uma solução para a tragédia de Mariana.

“Se realmente é jogado 400 a 500 toneladas desse resíduo fora no meio ambiente, é possível fazer aproximadamente 40 casas de 40m² a 45m².”

Confira a reportagem do Repórter Brasil:

Screen Shot 2015-11-27 at 8.06.00 AM Screen Shot 2015-11-27 at 8.06.19 AM Screen Shot 2015-11-27 at 8.06.24 AM Screen Shot 2015-11-27 at 8.06.28 AM Screen Shot 2015-11-27 at 8.06.32 AM Screen Shot 2015-11-27 at 8.06.40 AM Screen Shot 2015-11-27 at 8.06.55 AM Screen Shot 2015-11-27 at 8.07.24 AM Screen Shot 2015-11-27 at 8.07.30 AM Screen Shot 2015-11-27 at 8.07.44 AM Screen Shot 2015-11-27 at 8.07.52 AM

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: EBC

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,836,848SeguidoresSeguir
24,779SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Celebrando 60 anos, casal faz dueto emocionante com tema de “Up – Altas Aventuras”

Não é todo dia que um casal completa 60 anos juntos. 60 anos de amor, parceria e muita afinidade. Tanta afinidade que, para alegria do...

Ex-catadora de latinhas que passava fome é aprovada em concurso e sua história vai virar filme

Essa história vai virar filme, ainda bem, pois merece! Marilene Lopes é uma ex-catadora de latinhas, que ganhava 50 reais por mês para sustentar os filhos...

Jovem supera infância difícil e realiza sonho de entrar na universidade

Por Gabriel Oliveira da Silva Eu nasci em 13 de setembro de 1996. Filho único da Ana Rosa e do Manoel. Aos 3 anos de...

Se todo mundo é gay, o Mix Brasil é pra todo mundo

Novo comercial do 22º Festival de Cultura da Diversidade Mix Brasil retrata o ponto a que chegou o preconceito de gênero na sociedade. Com...

Marca de roupa baiana faz lindo ensaio com crianças pretas da periferia de Salvador e cria vaquinha para fabricação de bonecas

"Você já teve uma boneca preta?" E foi de uma forma simples e forte que a marca de roupa baiana Dugueto lançou nesta segunda...

Instagram

E se a lama que devastou Bento Rodrigues fosse usada para reconstruir casas? 4