Ele criou uma ecobarreira flutuante que já retirou mais de 3 toneladas de lixo de rio no Paraná

Existem algumas pessoas que simplesmente não conseguem esperar que os outros façam as coisas e resolvam os problemas, se adiantam e fazem por eles mesmos, como é o caso de Diego Saldanha, que vive na região metropolitana de Curitiba e estava cansado de ver lixo, garrafas, sofás e até mesmo fogões, correndo pelas águas do rio que passa ao fundo de sua casa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foi quando ele decidiu que precisava fazer alguma coisa e construiu uma barreira flutuante com suas próprias mãos. Esta ecobarreira funciona como um dique flutuante formado por galões plásticos unidos por uma rede que, esticado de uma a outra margem, funciona como uma barreira que retém o lixo que é arrastado pela correnteza. Desde que ele a instalou, em janeiro de 2017, ele impediu que mais de uma tonelada e meia de resíduos do Rio Atuba fosse para a natureza e contaminasse as águas, que abastecem toda a região.

Diego, que vende frutas nos semáforos da cidade, organizou ao lado da barreira uma espécie de “museu” e é de impressionar a quantidade de lixo que ele já retirou de lá. Lixo, que se não fosse por ele, teria ido para a natureza. Ele fez uma espécie de parceria com sua mãe, que restaura algumas peças que ele retira do rio e as vende em uma espécie de brechó.

E não para por aí: ele diz que 90% do lixo que ele recolhe, são garrafas de plástico e que elas foram importantes para ele arrecadar quase mil reais no ano passado, pois a escola municipal onde seus filhos estudam possui um projeto que estimula os alunos a levarem todo o lixo reciclável para a escola, que depois é vendido.

Diego afirma que gastou cerca de 1000 reais até conseguir finalizar seu projeto, mas que não liga pois sabe a importância de seu projeto e além do mais, ele faz porque gosta! Ele dá palestras sobre o assunto e tem uma página no Facebook, onde posta vídeos da sua ecobarreira, que já chegaram a ter mais de 5 milhões de visualizações e 100 mil compartilhamentos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele tem chamado cada vez mais a atenção de pessoas, políticos da sua cidade e empresas, que enviam presentes e propostas de parcerias. Mas nada disso importa para ele, já que o que o inspira a continuar fazendo isso é lembrar como o rio era limpo quando ele era pequeno! Parabéns, Diego! Sua ideia é maravilhosa!

[ATUALIZAÇÃO]

Ele criou uma ecobarreira flutuante que já retirou mais de 3 toneladas de lixo de rio no Paraná 1

O projeto estará completando 3 anos em janeiro de 2020 e está chegando a marca de 3 toneladas de lixo retiradas do rio.

Com o projeto Diego recebeu recebeu 2 prêmios nacionais e diversas homenagens:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

2019 –  Prêmio “Pega na Visão” de Empreendorismo Popular Brasil – Rick Chesther – Goiânia

2018 –  Agraciado com o “Prêmio LIXO ZERO” – Contribuição no desenvolvimento do conceito LIXO ZERO no Brasil – Categoria Ações Comunitárias. Instituto Lixo Zero Brasil – Rio de Janeiro

2018- Menção honrosa proposta pelo vereador Goura câmara municipal de Curitiba 2018 março, Menção honrosa devido a sua contribuição ao seu município e estado do Paraná, pela Assembleia Legislativa do Paraná através dos deputados Ney Leprevost e Ratinho Junior.

Algumas cidades já estão se inspirando na atitude do Diego e levando para seus rios a ecobarreira, algumas cidades são :
  • Itaí, SP
  • Amazonas
  • Blumenau, SC
  • Araucária, PR
  • Itajaí, SC
  • Benevides, PA
  • Coronel Fabriciano, MG
  • Guatemala Mafra, SC
  • Manhumirim, MG

Com informações de UOL

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fotos: Theo Marques / UOL

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,289,873SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Vizinhos homenageiam e ajudam idoso de 74 anos que trabalha como catador e passa dificuldades

O seu Luiz já sofreu 7 AVC's (isso mesmo, sete!) e, mesmo assim, todos os dias ele empurra sua carroça pelas ruas do centro...

Norte-americanos estão doando seu auxílio emergencial de R$ 7 mil para caridade

O governo norte-americano liberou um auxílio emergencial no valor de US$ 1.200 (cerca de R$ 7 mil) para grande parte da população, que precisou...

Anitta pede e operadora vai fornecer internet para menino que estudava em loja

A história chegou até a cantora Anitta que sugeriu que a Claro doasse um plano de internet para o Guilherme, menino que foi filmado estudando numa loja da Samsung.

Menina com paralisia cerebral realiza sonho de ‘pular amarelinha’; veja vídeo

Durante todo o mês de outubro, em uma espécie de extensão do Dia das Crianças, a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae)...

Projeto ‘Rodando com Tampinhas’ doa 100ª cadeira de rodas

Em 10 meses, projeto uniu o Rio na coleta de 20 milhões de tampinhas plásticas – 40 toneladas! A venda para reciclagem permite a compra de cadeiras de rodas para pessoas carentes.

Instagram

Ele criou uma ecobarreira flutuante que já retirou mais de 3 toneladas de lixo de rio no Paraná 2