Projeto leva educação a crianças e adolescentes no Pantanal e chega em lugares que ninguém havia chegado!

“Temos que nos concentrar no resultado, é assim que sempre fizemos. Criamos uma escola
em um lugar de difícil acesso, sem rede elétrica, sem estrada, temos que mandar
suprimentos, combustível e comida, é quase uma operação de guerra. Mas, vale a pena!
Minha grande satisfação é ver as crianças crescendo e se desenvolvendo. Elas são
inteligentes, têm vontade de aprender e hoje podem sonhar com o que quiserem”, disse Teresa Cristina, ao receber os Caçadores de Bons Exemplos no projeto Acaia Pantanal.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Teresa e Maria Cecília, fundadoras do projeto, escutaram a comunidade e reconheceram
que a urgência era investir em educação e assim fizeram. Olharam para o próximo por
completo e fizeram tudo que era possível para cuidar e ajudar o pessoal de Paraguai Mirim,
fronteira com a Bolívia. Estruturam parcerias e também o Acaia Pantanal, um projeto ligado
ao Instituto Acaia de São Paulo, que trabalha com o combate à desigualdade. Dessa união,
nasceu uma iniciativa que há mais de 20 anos impacta tanta gente. A rede se fortaleceu e já transformou centenas de vidas!”, afirma o casal Iara e Eduardo.

Projeto leva educação a crianças e adolescentes no Pantanal e chega em lugares que ninguém havia chegado! 3

A população ribeirinha que mora em frente a fazenda, na outra margem do rio, vivia em
situação muito precária, cerca de 70 famílias que não recebem auxílio do estado, que afirma não conseguir chegar até eles.

Projeto leva educação a crianças e adolescentes no Pantanal e chega em lugares que ninguém havia chegado! 4

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“É muito caro levar os serviços básicos de educação e saúde. Quando você tem essa
sensibilidade, não consegue ver uma situação assim e não fazer nada. Fui pensando em
atacar a questão ambiental e acabei fundando uma escola. O resultado é impressionante,
porque estamos fazendo uma escola de muita qualidade para crianças até então sem
perspectiva”, afirma Teresa.

Projeto leva educação a crianças e adolescentes no Pantanal e chega em lugares que ninguém havia chegado! 5

Para as crianças é oferecido educação do primeiro ao quinto ano do ensino fundamental,
em parceria com a prefeitura. A escola pertence à rede pública e esse é um ponto
importante que potencializa a ação. As crianças saem da escola encaminhadas, confiantes
e capazes de alçar voos maiores e para mais longe, caso queiram.

Teresa tem o brilho no olhar de quem já entendeu que é necessário olhar muito além do
óbvio, enxergar aquilo que existe de bom e tirar do coração a desculpa de que fazer pouco
é dispensável. “Sou muito otimista. Nas minhas viagens pelo Brasil vejo quanta gente
bacana está fazendo coisas. É muito importante sair dessa imobilidade de achar que nada
dá certo, que só tem coisa ruim“, afirma.

Projeto leva educação a crianças e adolescentes no Pantanal e chega em lugares que ninguém havia chegado! 6

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mas, mesmo otimista e sabendo do potencial do trabalho que desenvolve, o começo não foi
fácil. “Nossa principal dificuldade no início foi conquistar a confiança da população, pois
funcionamos em regime de internato; como a criança fica conosco de segunda a sábado,
havia medo, e surgiu todo tipo de boato. Mas, foi uma construção conjunta, nossa com a
população. E hoje as famílias reconhecem a importância e enxergam que os filhos podem
viver de algo além da isca – a pesca é a principal fonte de renda local”, lembra.

Projeto leva educação a crianças e adolescentes no Pantanal e chega em lugares que ninguém havia chegado! 7

Construir um mundo diferente, fazer o que ninguém faz e entregar mais para as próximas
gerações, não deveria ser uma escolha. Assim como desistir das pessoas também não.

“Minha grande satisfação é ver as crianças crescendo e se desenvolvendo. Elas são
inteligentes, têm vontade de aprender e hoje podem sonhar com o que quiserem”, encerra
Teresa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para saber mais sobre o projeto, acesse: www.acaia.org.br 

Redes sociais: @pantanal.acaia

E você lembra do Samuel? Esse menino incrível usou as redes sociais para salvar a lanchonete do pai da falência. E para celebrar essa conquista e parceria entre pai e filho, a Pif Paf preparou uma Ceia de Natal surpresa, para o Samuel e o Marlúcio, olha só:

Conteúdo produzido pelos Caçadores de Bons Exemplos, projeto parceiro do RPA.

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,279,775SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Esfiharia reabre e aumenta vendas em 400% após ser humilhada por jornalista

Depois de mais de um mês fechada, no último fim de semana, a Esfiharia Planet, de Aracaju (SE), reabriu as portas para atender sua...

Intel e PrograMaria encorajam a presença feminina na tecnologia no Mês Das Mulheres

O objetivo é contribuir para maior visibilidade das mulheres em tecnologia.

UFPB cria respirador de R$ 400 e libera licença para produção por empresas

Pesquisadores da Universidade Federal da Paraíba (UFPB) desenvolveram um respirador pulmonar que custa até 37 vezes menos do que os disponíveis atualmente no mercado. Com...

Curitiba libera cultivo de hortas nas calçadas e vai regulamentar a prática

A Prefeitura de Curitiba abraçou formalmente a iniciativa do cultivo de hortas nas calçadas da cidade, e pretende regulamentar a prática ainda na atual...

Mesmo podendo, Silvio Santos prefere não passar na frente da fila na hora de votar

Que o Silvio Santos é gente boa, gente como a gente todo mundo já sabe. Sempre vimos publicações (muitas delas engraçadas e algumas bizarras) do...

Instagram

Projeto leva educação a crianças e adolescentes no Pantanal e chega em lugares que ninguém havia chegado! 9