A força da educação: de catadora de material reciclável a artista plástica

A educação é realmente a força e a base de tudo. Com livros que seriam descartados, a catadora de material reciclável Ercília Estanciany, do Espírito Santo, insistiu em estudar, tomou gosto pelo aprendizado e conseguiu realizar um grande sonho: se formou em Artes Plásticas. E a história não acaba por aí, apenas começa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO


Ouça essa emocionante matéria! Clique no play acima!

Há 13 anos, ela saiu de Minas Gerais com o marido e a filha. Desempregados, não tinham dinheiro nem para tomar um café nas terras capixabas. Ercília e a família passaram por grandes dificuldades até encontrarem sustento no recolhimento de material reciclável. Durante a infância, a artista também percorria os lixões em busca de alimento para os irmãos e a mãe. Depois de adulta, encontrou no mesmo meio uma forma de sobreviver e adquirir conhecimento, já que se encantou pelos livros que achava pelo caminho.

Foi então que Ercília abriu os olhos para a educação, perseguiu seu sonho e resolveu tentar a sorte na faculdade. Aprovada na Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), frequentou as aulas de artes plásticas e, enfim, se formou. “Desde menina, queria, um dia, usar aquele chapeuzinho preto que se usa quando forma”, disse a artista, que atualmente cursa uma pós-graduação em Arteterapia.

A força da educação: de catadora de material reciclável a artista plástica 2

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Mantendo uma minibiblioteca em casa, cujas estantes estão cheias de livros doados, ela quer ajudar outras pessoas a realizarem seus sonhos buscando o conhecimento. A ideia é que a biblioteca seja um espaço para oficinas gratuitas de arte, além de um despertar para a leitura. Segundo Ercília, a educação a transformou.

Apesar de reconhecer suas conquistas, ela reconhece que finalizar a graduação é algo que poucas pessoas conseguem, seja por dificuldades financeiras ou demais compromissos, ela ainda contou ao Portal G1 que por isso acredita que mais importante do que entrar na faculdade, foi sair de lá com o diploma em mãos – a sua maior obra de arte já feita.

Foto: reprodução/Facebook pessoal

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM







A força da educação: de catadora de material reciclável a artista plástica 3

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
5,075,725SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

“Caravelas” irão despoluir rios e parques urbanos em Curitiba

A estrutura utiliza as próprias algas para limpar as águas, sem uso de energia convencional e com um custo operacional baixo.

Casal catarinense doa R$ 950 para gari que devolveu carteira encontrada no lixo

Dias depois de encontrar uma carteira com quase R$ 1000 em dinheiro vivo e devolvê-la ao dono, um gari de Florianópolis (SC) foi presenteado...

Sul-africana vence Miss Universo 2019 e manda recado para meninas negras

"Eu quero que as crianças olhem para mim e vejam seus rostos refletidos no meu”, declarou a sul-africana Zozibini Tunzi, eleita Miss Universo 2019.

Vizinho constrói abrigo para moradora de rua que vivia na sua rua

Nova York atingiu um número recorde de moradores de rua,  com cerca de 60.000 homens, mulheres e crianças vivendo dessa forma. Uma certa manhã, inspirado por...

Escócia atende demanda energética de 97% das suas casas com energia eólica

Em 2015, a Escócia produziu energia eólica o suficiente para abastecer 97% de suas casas. Os dados são da companhia do setor de energia...

Instagram

A força da educação: de catadora de material reciclável a artista plástica 4