7 invenções incríveis que melhoram as vidas das pessoas em países pobres


PUBLICIDADE ANUNCIE

Coisas que consideramos básicas, como acesso Internet, iluminação elétrica e medicamentos, são luxos em grande parte do mundo em desenvolvimento. Mas inovações podem fornecer novos níveis de acesso a essas tecnologias e uma melhor qualidade de vida com implicações positivas sobre a saúde e o crescimento econômico.

Vocês vão ver sete inovações que poderiam tornar a vida mais fácil em países pobres.

A Lâmpada de Gravidade-Suspensa

invencao-ajuda-1

Lâmpadas de querosene são muito usadas em países em desenvolvimento e apresentam perigos tais como queimaduras graves, infecções oculares, catarata, sem contar os vapores mortais do querosene. Além disso, o custo do combustível pode acabar com 10 a 20 por cento dos rendimentos das pessoas nos países em desenvolvimento.

A Lâmpada de Gravidade-Suspensa produz uma luz ambiente de baixo custo e poderia ser a nova fonte de luz para essas áreas. Ela funciona através do aproveitamento da energia em níveis baixos de gravidade. Dois sacos cheios de terra ou pedras são pendurados na lâmpada. A tensão gera energia cinética suficiente para ligar a luz por 28 minutos.

Telefone antigo, Programa novo

invencao-ajuda-2

Smartphones não são comuns em países em desenvolvimento. A FrontlineSMSCloud permite que os usuários de telefones antigos enviem e recebam mensagens SMS e dados de qualquer lugar do mundo através de um software de código aberto que permite a comunicação instantânea entre um computador e um telefone móvel. Essa tecnologia tem sido utilizada para manter registros de pacientes em hospitais e conectar pessoas após catástrofes.

Raio da morte de mosquito

invencao-ajuda-3

Apesar de inseticidas e mosquiteiros serem eficazes na redução e transmissão da malária, a mais sofisticada tecnologia pode ter o poder para acabar com ela completamente. O parasita da malária é transmitido através de mosquitos e limitar o contato dos insetos com seres humanos é crucial para impedir a propagação da doença. A The Photonic Fence, desenvolvido pela Intellectual Ventures, cria um campo de força que mata os mosquitos. As cercas podem proteger grandes áreas quando colocadas em torno do perímetro das aldeias, edifícios, escolas e campos.

‘Khan Academy’ para agricultores

invencao-ajuda-4

PUBLICIDADE ANUNCIE

O compartilhamento de conhecimento pode ser a chave para acabar com o espaço entre os agricultores e seus pares em lugares como a Índia e o resto do Sul da Ásia. A Digital Green surgiu com uma plataforma para os agricultores criarem e fazerem upload de vídeos informativos para troca de informações sobre as práticas recomendadas. Através de parcerias com ONGs locais, a DigitalGreen distribui câmeras e pilhas para os agricultores. Eles gravam seus próprios vídeos e compartilham com outros agricultores.

Expondo os medicamentos falsificados

invencao-ajuda-5

Cerca de 2.000 pessoas morrem anualmente de medicamentos abaixo do padrão ou falsos, um mercado de US $ 700 bilhões por ano. Usando a tecnologia móvel, o mPedigree detecta drogas falsas, permitindo que os usuários digitem um código de 12 dígitos impresso no verso dos rótulos e enviem para um número de telefone designado. Os pacientes recebem uma resposta dizendo se o medicamento é ou não falso.

Transformando fiação em ouro

invencao-ajuda-6

Apenas 13% por cento dos resíduos eletrônicos do mundo é reciclado. Isso resulta em efeitos particularmente desagradáveis em lugares como Guiyu, na China. Mais de 88% da população neste lugar sofre de problemas neurológicos ou fisiológicos ligados a esse lixo eletrônico. A BlueOak Resources, está tentando ajudar a retirar metais preciosos como ouro, prata e cobre dessas sucatas. Uma tonelada de placas de circuito contém de 40 a 800 vezes mais a quantidade de ouro encontrado na mesma quantidade do minério extraído, proporcionando as comunidades uma renda que pode ser reinvestida na educação e tratamento médico.

Quiosque carregador móvel de energia solar

invencao-ajuda-7

Os Quiosques Solares Móveis ARED (distribuidora de energia renovável da África) permitem que os proprietários do quiosque vendam cargas de celular alimentados por uma energia renovável. Até 10 pessoas podem ligar seus telefones ao mesmo tempo usando o quiosque, que é equipado com painéis que fornecem a eletricidade. Henri Nyakarundi, um nativo de Ruanda que vive em Atlanta, foi quem inventou o quiosque e disse que eventualmente será adicionado um ponto de acesso Wi-Fi nele.

PUBLICIDADE ANUNCIE

PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar