“Borrachalioteca” com mais de 12 mil livros fomenta a prática da leitura em cidade mineira


PUBLICIDADE ANUNCIE

É interessante pensar nas diversas possibilidades que a leitura pode nos proporcionar. E de onde menos se espera, aparecem iniciativas incríveis que fomentam a prática da leitura, e nos fazem lembrar do prazer que é ler um bom livro.

De um lado, uma borracharia, do outro, uma biblioteca. Criada em 2002, no bairro Caieira, em Sabará, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, a Borrachalioteca foi uma ideia do estudante Marcos Túlio Damascena.

Ele começou oferecendo livros para os clientes do seu pai. Na época, Marcos tinha apenas 70 obras. Hoje, o acervo conta com mais de 12 mil livros para empréstimo à comunidade, de graça.

A-Borrachalioteca

PUBLICIDADE ANUNCIE

A biblioteca tem uma área própria e outras unidades foram inauguradas entre 2008 e 2010 na região: a sala Son Salvador, no bairro Cabral; a Casa das Artes, com livros infanto-juvenis e literatura de cordel; e o Espaço Libertação pela Leitura, no presídio municipal de Sabará.

“O último é um trabalho muito especial. Ouvi de um detento que a biblioteca era como uma janela para o mundo”, diz Marcos Túlio. “O livro muda uma pessoa. Também é a melhor forma de propagar conhecimento”.

Com informações do Hoje em Dia

Leia também: Adorável biblioteca sobre rodas leva livros para crianças na Itália que não tem acesso à leitura

PUBLICIDADE ANUNCIE

PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar