Universidade cria Instituto de Gentileza para ensinar e pesquisar sobre bondade

Respaldada pelo embasamento científico, a Universidade da Califórnia (UCLA), em Los Angeles (EUA), anunciou na semana passada que abrirá o primeiro instituto de pesquisa interdisciplinar do mundo sobre o assunto.


Universidade cria Instituto de Gentileza para ensinar e pesquisar sobre bondade 1
PUBLICIDADE ANUNCIE

Pesquisas realizadas por universidades e institutos reconhecidos internacionalmente comprovam aquilo que, intuitivamente, já sabíamos: praticar a bondade e ter empatia pelo próximo afeta positivamente nossa saúde física e psicológica, estendendo até nossa longevidade. Gentileza gera saúde para o nosso corpo.

Respaldada por esse embasamento científico, a Universidade da Califórnia (UCLA), em Los Angeles (EUA), anunciou na semana passada que abrirá o primeiro instituto de pesquisa interdisciplinar do mundo sobre o assunto.

Nasce aqui a “Ciência da Gentileza”.

Universidade instituto pesquisa Ciência da Gentileza
Foto: Concepto Definicion/Reprodução

Graças a uma generosa doação de US$ 20 milhões da Fundação Bedari, o recém-criado Instituto de Gentileza da UCLA apoiará pesquisas de nível mundial sobre bondade e empatia, além de criar oportunidades para traduzir esses estudos em ações práticas que visam educar e comunicar novas descobertas.

Ciência da Gentileza

Instalado na divisão de Ciências Sociais, o Instituto espera usar sua pesquisa para capacitar cidadãos e inspirar líderes a construir sociedades mais humanas.

“As universidades devem ser lugares onde ensinamos os alunos a alcançarem marcos civilizatórios e tratarem uns aos outros com empatia e respeito – mesmo quando discordamos uns dos outros profundamente”, afirmou o reitor da UCLA, Gene Block. “O Instituto de Gentileza da UCLA trará o melhor pensamento para esta questão vital e, acredito, nos permitirá ter um impacto social real para as gerações futuras.”

Leia também:

O local, que inicia suas operações ainda neste mês, adotará uma abordagem interdisciplinar para entender a Ciência da Gentileza – através de perspectivas evolucionárias, biológicas, psicológicas, econômicas, culturais e sociológicas. Ele se concentrará na pesquisa sobre ações, pensamentos, sentimentos e instituições sociais associadas à bondade e reunirá pesquisadores de várias disciplinas da UCLA e de organizações externas.

PUBLICIDADE ANUNCIE
Universidade instituto pesquisa Ciência da Gentileza
Reprodução: La-Croix/Reprodução

Professores e pesquisadores da UCLA já estão montando grupos de pesquisa que serão a base do trabalho a seguir.

Por exemplo, os antropólogos estão esmiuçando como a bondade é ‘contagiante’, se espalhando de pessoa para pessoa e de grupo para grupo.

Os sociólogos estão analisando como as pessoas que alguma vez agiram de maneira cruel podem ser encorajadas a se envolver em atos bondosos e constantes.

Já os psicólogos estão pesquisando como gestos de gentileza podem melhorar o humor das pessoas e reduzir os sintomas da depressão.

Outras áreas das ciências humanas e biológicas estão estudando sobre as mudanças na neurobiologia e na consciência, e como essas mudanças podem influenciar as pessoas a serem mais bondosas e terem mais bem-estar mental, físico e social.

“No meio da atual política mundial, com violência e conflitos de sobra, o Instituto de Gentileza procurará ser um antídoto”, disse Darnell Hunt, reitor da divisão de ciências sociais da UCLA. “Enraizado em um trabalho acadêmico sério, o instituto fará parcerias e compartilhará sua pesquisa amplamente e em formatos acessíveis ao público”, concluiu.

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fonte: GNN/Foto de capa: Divulgação

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar