Professor cria ‘moeda’ para incentivar boas atitudes de alunos

Acumulando boas atitudes, os alunos podem usar a sua moeda fictícia para comprar brinquedos e outros itens nas feiras culturais da escola!


Professor cria ‘moeda’ para incentivar boas atitudes de alunos
PUBLICIDADE ANUNCIE

Criada por um professor de uma escola pública, as boas atitudes como respeitar o coleguinha, ajudar o próximo, ser responsável com as tarefas escolares e muito mais, quando colocadas em práticas pelos alunos, são ‘pagas’ por uma moeda fictícia, como forma de incentivo a esses estudantes. Que iniciativa incrível, gente! ❤

Nomeada de ‘Momento’, a moeda foi criada pelo professor Manoel Eugênio Batista dos Santos, da Escola Municipal Maestro Benedito Mesquita da Silveira, de Cabreúva, interior de São Paulo.

Acumulando boas atitudes ao longo do bimestre, no final dele, os estudantes do terceiro ano do Ensino Fundamental, ganham uma moeda e podem usá-la para comprar brinquedos e outros itens nas feiras culturais que são realizadas na escola, localizada no bairro Jacaré.

professor com os alunos e segurando a moeda fictícia
Professor criou a moeda ‘Momento’ como forma de incentivo aos alunos a praticarem boas atitudes. Foto: Prefeitura de Cabreúva

Quando eu assumi a sala, encontrei alguns alunos desmotivados. Como eu vim da iniciativa privada e usava recompensas como incentivo para que os funcionários tivessem bom desempenho, apliquei a ideia em sala de aula e deu certo”, destacou o professor, que se surpreendeu com o crescimento de cada aluno no cotidiano escolar.

O professor explicou que as boas atitudes devem ser praticadas na escola e em casa! Algumas crianças, inclusive, já têm até poupança. Que demais, não é mesmo?

professor segurando a moeda fictícia criada por ele
Respeitar o coleguinha do lado, ajudar o próximo, ser responsável com as tarefas escolares e muito mais, essas boas atitudes colocadas em práticas pelos alunos estão sendo ‘pagas’ por uma moeda fictícia, como forma de incentivo a esses estudantes. Foto: Prefeitura de Cabreúva

São aulas que mostram a eles a importância que o dinheiro tem e como é difícil ganhar. Assim, eles despertam inclusive para a educação financeira e têm uma visão mais ampla sobre como é complicado para que os pais sustentem as famílias e sobre o valor que as coisas materiais têm.”

PUBLICIDADE ANUNCIE

‘Moeda’ de professor trouxe progresso aos alunos

Para o professor, ver o progresso de cada criança faz com que ele se encante pela profissão a cada dia mais.

Os pais acreditam muito na ideia e recebo um retorno positivo de todos. A proposta vai além dos muros da escola e impacta as famílias diretamente, de maneira positiva.”

Leia também: Única brasileira aprovada em intercâmbio na Califórnia, baiana cria vaquinha para custear viagem

professor que criou a moeda fictícia com aluno em sala de aula
Além de incentivar os alunos, a moeda ensina eles o verdadeiro valor do dinheiro e como é difícil ganhá-lo. Foto: Prefeitura de Cabreúva

E a garotada que assiste às aulas de Manoel e passa pelos desafios diários para conquistar a moeda ‘Momento’ ou ‘momentinho’, como é carinhosamente chamada, aprova!

Não é fácil, mas o projeto nos ensina a ter mais foco, a respeitar as aulas e a aprender mais a cada dia”, comentou Klara Rabelo Moller, 9 anos, que já bateu o recorde de 380 ‘momentinhos’. Isso aí, Klarinha!

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

pai filha cantinho bambu prêmios programa tv

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar