Professora dá aula para aluno tetraplégico na casa dele e leva ‘assistentes’ junto


professora aula aluno tetraplégico casa
PUBLICIDADE ANUNCIE

A professora Marcia Luciana Saraiva Kuhn, de Santa Rosa (RS), ficou sabendo que um aluno, o Daniel Augusto Schneider, 10 anos, precisava de uma maquete para aprender sobre o sistema solar. Dani sofre de atrofia muscular espinhal (AME1) e por conta disso não consegue frequentar as aulas.

Mas isso não foi problema para a Marcia! Ela fez questão de, não só levar a maquete para o Dani, como também de dar um aulão com direito à participação especial de duas aluninhas que se propuseram a apresentar o projeto. O resultado disso? O Dani A-D-O-R-O-U!

O Dani nunca frequentou a escola. Ele descobriu a doença com apenas dois meses de idade. Após passar muitos anos vivendo dentro de um hospital, aos setes anos começou a ter aulas em casa. Por isso, semanalmente, ele tem acompanhamento de uma professora municipal que faz trabalho com Atendimento Educacional Especializado, e foi através dela que a professora Marcia conheceu a história do Dani.

“Ela ministra aulas para ele. Então, ela precisava de uma maquete do sistema solar. Entrou em contato comigo para pedir uma maquete, pois sabia que todo o ano faço com meus alunos do quinto ano da Escola Municipal de Ensino Fundamental Professor Francisco Xavier Giordani. Combinamos que assim que tivesse uma pronta eu avisaria”, explicou Marcia.

Maaas, a vontade de ajudar da professora era maior: além de oferecer a maquete, ela fez questão de levar à aula até o Dani. “Já que eu leciono este conteúdo, eu me ofereci a dar aula para ele neste dia e todos adoraram a ideia!”, disse.

professora aula aluno tetraplégico casa
“Ele não pode falar e nem escrever, mas quando lemos historias para ele, vejo com sinais que ele sabe o que é, e o que significa”, disse a mãe do Dani, Enir Teresinha

A professora Marcia teve o cuidado de escolher uma maquete que facilitasse o entendimento do Dani. “Eu tinha cerca de 50 projetos, escolhi o mais apropriado, pois ele estaria deitado”.

[Aos 23 anos, o Julio, que tem autismo severo, precisa ser amarrado em momentos de crise. Também por falta de tratamento ele parou de falar há muitos anos e precisa de um acompanhamento em clínicas e psicoterapeutas. Queremos custear um tratamento pra ele e comprar moveis para a família em Fortaleza (CE) viver um pouco melhor. Contribua aqui.]

Ela também decidiu levar duas alunas para explicar o projeto. Elas já estavam preparadas para uma feira que vai acontecer na escola, então, arrasaram na apresentação. “As alunas desenvolveram a apresentação do conteúdo com muita sensibilidade e foram fortes. Os pais agradeceram, pois elas chegaram em casa encantadas com este momento”, contou Marcia.

professora aula aluno tetraplégico casa
Alunas que Renata Forster e Luiza Copetti acompanharam a professora. O Dani adorou!!

O Dani respondia e se expressava pelo olhar. Foi um momento mágico! “Ahhh, e para constar, ficou muito ‘assanhadinho’ com a presença das meninas, pois tem a mesma idade”, brincou a professora.

PUBLICIDADE ANUNCIE

Marcia relatou emocionada ao Razões que se sentiu realizada e que foi um momento único em sua carreira. “De estar no lugar certo, sendo professora e poder fazer a diferença, sabe? E foi especialmente um momento de muita reflexão, pois quando você o vê, você descobre que não tem problemas, só temos a agradecer.”

professora aula aluno tetraplégico casa professora aula aluno tetraplégico casa professora aula aluno tetraplégico casa

A mãe, a dona Enir Teresinha, também falou com a gente e disse emocionada que ver o filho feliz é tudo para ela. “O Dani gosta muito quando sabe que vai ter aula em casa. Ele fica olhando para a porta o tempo todo esperando a professora! Até conhece o barulho do carro dela! Hoje, eu não vejo diferença, porque para mim o diferente é igual.”

O Razões e o Educa Mais Brasil te ajudam a conseguir bolsa de estudo para cursos técnicos e profissionalizantes, cursos de idiomas, entre outras, clique aqui.

professora aula aluno tetraplégico casa

Que demais, parabéns à professora Marcia pela iniciativa e as meninas que arrasaram na apresentação!

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

professora aula aluno tetraplégico casa

crédito das fotos: Arquivo pessoal

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar