Universidade em RS dá bom exemplo e faz sua primeira colação de grau totalmente inclusiva


Universidade em RS dá bom exemplo e faz sua primeira colação de grau totalmente inclusiva 1
PUBLICIDADE ANUNCIE

A realização da colação de grau é obrigatória para todos os estudantes que se formam na universidade e vão pegar o seu diploma. Mas e se, as cerimônias fossem mais inclusivas? É isso o que a UFSM – Universidade Federal de Santa Maria, no Rio Grande do Sul fez recentemente. Na semana passada, 41 formandos dos cursos de Serviço Social e Relações Internacionais colaram grau em uma cerimônia que ainda está em caráter experimental.

Segundo a reitoria da universidade, como a colação de grau é obrigatória a todos, nada mais justo que ela seja custeada pela universidade e não pelos alunos e que a partir de agora, irão adotar esse modelo em todas as próximas cerimônias. Ainda segundo a universidade, ultimamente muitos alunos não estão colando grau, por não terem condições de arcar com os custos da cerimônia.

PUBLICIDADE ANUNCIE

“A colação de grau é um rito obrigatório do percurso acadêmico, cabe à Universidade acompanhar o estudante desde seu ingresso até a finalização do curso”, afirma a pró-reitora, Martha Adaime.

Anualmente, a UFSM forma aproximadamente três mil estudantes de graduação, em Santa Maria e nos demais campus, nas modalidades presencial e à distância. Martha ainda afirma que: ” “Nós defendemos uma Universidade inclusiva, desde o acesso até a permanência do estudante. Não é justo que neste momento de finalização nós limitemos a colação de grau solene somente àqueles que têm recursos para custear uma cerimônia, tal qual vem ocorrendo hoje”.

Mas, felizmente, isso agora vai mudar e esperamos que a partir de agora mais e mais universidades comecem a fazer a mesma coisa, não?

Com informações de UFSM

Foto: Assessoria do Centro de Convenções

PUBLICIDADE ANUNCIE


PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar