Primeira universidade construída com recursos próprios de um município é aberta em Estreito (MA)


Primeira universidade construída com recursos próprios de um município é aberta em Estreito (MA)
PUBLICIDADE ANUNCIE

Motivo de orgulho para os moradores do município de Estreito, no sudoeste do Maranhão, a construção do campus da Universidade Estadual da Região Tocantina (UemaSul) foi bancada com recursos próprios do município, obtidos através de impostos municipais e doada ao Governo do Estado do Maranhão.

A estrutura conta com 15 amplas salas de aula, biblioteca, praça de alimentação, auditório, bloco administrativo e estacionamento, tendo custado cerca de R$ 6 milhões aos cofres da Prefeitura Municipal de Estreito.

A cerimônia de transferência do prédio ao governo maranhense aconteceu em março, durante sessão ordinária na Câmara Municipal do município. Por unanimidade, os vereadores aprovaram a decisão do prefeito. A UemaSul assumiu as funções executivas e disponibilizará no campus recém-construído diversos cursos de graduação do ensino superior.

Leia tambémEm SP, faculdade inaugura biblioteca comunitária aberta 24 horas por dia

Cícero Neco, prefeito de Estreito da gestão 2017-2021, conversou sobre as dificuldades de entrega da obra e da satisfação em finalmente ver que ela está pronta.

Primeira universidade construída com recursos próprios de um município é aberta em Estreito (MA)
Novo campus da Universidade Estadual da Região Tocantina (UemaSul), em Estreito (MA).

“Quando falei que iria construir uma faculdade com recursos do nosso município fui chamado de louco, ninguém acreditou, acharam que seria apenas mais uma promessa de campanha. Hoje entregamos ao Governo do Maranhão, este belíssimo prédio, construído aos poucos, com 20, 30, 50 mil por mês. Estou muito feliz em poder ver os filhos de Estreito e região, que antes não tinham oportunidade de cursar um curso superior e agora poderão”, comentou.

PUBLICIDADE ANUNCIE

O prédio foi inaugurado oficialmente na última sexta-feira (10). A entrega do campus integrou as comemorações dos 37 anos da cidade de 41 mil habitantes e contou com a participação do vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão, além de outras autoridades.

Primeira universidade construída com recursos próprios de um município é aberta em Estreito (MA)

Representando o governador Flávio Dino durante a solenidade, Carlos Brandão discorreu sobre os investimentos em educação. “A prefeitura entrega um prédio belíssimo no valor de R$ 6 milhões e o Governo do Estado assume todas as despesas. Num momento em que no Brasil estão cortando verbas públicas, nós estamos ampliando, um exemplo para mostrar que a educação é a única maneira das pessoas progredirem na vida. Essa ação de doação de uma obra do Município para o Estado é a primeira vez ao longo dos seus mais de 40 anos na vida pública que acontece no Brasil ”, comentou.

Leia tambémSenhora de 94 anos se forma na universidade: “Tenho muito mais a aprender”

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: Enquanto isso no Maranhão
Fotos: Reprodução / Prefeitura de Estreito

PUBLICIDADE ANUNCIE

PUBLICIDADE ANUNCIE

Comentários no Facebook

Acessar

Resetar senha

Voltar para
Acessar