Ela 103 e ele 100: idosos se casam e mostram que o amor não tem idade

Se alguém algum dia te disser que histórias de amor estão limitadas aos jovens, não acredite! John e Phyllis se conheceram no lar de idosos Kingston Residence, em Ohio – Estados Unidos, se apaixonaram e decidiram se casar. Ele com 100 anos e ela com 103, este casal é a prova viva de que o amor não tem idade e ele deve ser celebrado durante toda a vida! 🥰 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Jonn é veterano da Segunda Guerra Mundial e Phyllis nasceu na Virgínia Ocidental. Se eles levaram vidas completamente distintas, o destino tratou de juntá-los depois que cada um ficou viúvo e passou a viver no lar de idosos.

casal de velhinhos apaixonado
Foto: Kingston Residence Of Sylvania

A relação começou com uma simples amizade, mas o casal de idosos acabou se apaixonando e John decidiu pedí-la em casamento. Afinal, por que não, não é mesmo?  Enquanto os jovens racionalizam tudo, os idosos querem mais é aproveitar a vida ao lado das pessoas que amam.

Phyllis não teve dúvidas: disse sim! E o asilo decidiu compartilhar a novidade em sua página no Facebook, atraindo sites e redes de televisão locais que se encantaram com esta linda história de amor.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quando entrevistada, a mais nova noiva do pedaço disse: “É uma grande sorte encontrar alguém nesta idade, uma pessoa que nos faz sentir bem e que nos faz felizes, e isto não é algo que acontece todos os dias; na verdade, muitas vezes, quanto mais você vive, mais acredita que, quando você está velho, não deve mais amar ou se envolver”, explicou.

Surpresas da vida

A verdade é que, quando os dois perderam seus respectivos maridos, eles chegaram a pensar que a vida terminaria a partir do momento em que eles se mudassem para a casa de repouso. Mal sabiam eles que ela estava prestes a recomeçar e a lhes ofertar uma história de amor que tem emocionado o mundo!

casal de velhinhos de beijando
Foto: Kingston Residence Of Sylvania

Quando questionado sobre o que o casal gosta de fazer quanto está junto, o marido apaixonado responde: “Eu provavelmente não deveria te contar”, mostrando que, além de tudo, também tem muito senso de humor!

Entre as novas descobertas, o casal decidiu apostar na independência e resolveram manter cada um o seu próprio apartamento na casa de repouso. Desta maneira, eles mantém a chama da novidade acesa e aproveitam o tempo da melhor forma possível.“Percebemos que somos compatíveis, estamos bem juntos e sabemos como somos sortudos por isso”, confidencia o casal.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Este amor puro, simples e espontâneo tem dado esperança a milhares de pessoas, que acreditam que nunca mais encontrarão um amor. Não se engane: a vida nos presenteia quando a gente menos espera! E enquanto há vida, há amor!

Fonte: Positizie

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,121,804SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Projeto da National Geographic empodera mulheres valorizando diversidade de formas e cores

Briana Gardener é uma fotógrafa norte-americana que busca por meio de suas fotografias empoderar mulheres do mundo inteiro, valorizando suas cores, formas e culturas. Ela...

Daniel Dias alcança marca histórica de 31 ouros em edições do Parapan

Grande nome da natação brasileira, Daniel Dias está sempre buscando superar os próprios desafios.

Ensaio mostra o ‘antes e depois’ de bebês que nasceram prematuros

Os bebês que nascem prematuros, com menos de 37 semanas, enfrentam grandes desafios nos primeiros meses de vida, pois o seu corpo não se...

193 empresas brasileiras que não testam seus produtos em animais

É muito mais ético usar produtos de beleza e de higiene pessoal que não foram testados em algum animal indefeso. Mas, como saber se...

Costureira distribui marmitas para familiares de pacientes que esperam em hospital em Curitiba

É comum ouvirmos voluntariados relatarem que a gratidão recebida ao ajudar ao próximo é a melhor recompensa. Para Andréa Martins, uma costureira que vive...

Instagram

Ela 103 e ele 100: idosos se casam e mostram que o amor não tem idade 3