‘Depois do câncer eu vivi os melhores momentos da minha vida’

Você acredita que uma doença pode chacoalhar positivamente a vida de alguém? Faz 12 anos que Jussara convive com câncer metastático e para ela essa última década foi a melhor da vida dela.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A Jussara descobriu que tinha câncer de mama aos 42 anos e, após todo o tratamento para se curar, ela descobriu que sua doença havia progredido para uma metástase.

Metástase é quando o câncer se espalha para outros órgãos além daquele que foi descoberto a doença. No caso dela, as células cancerosas já haviam se espalhado para o seu pulmão e seus ossos.

Esse período para a ex-funcionária pública foi muito difícil porque diferentemente de quando ela soube que tinha câncer de mama, dois anos antes, naquele momento ela sabia o que iria sofrer, além das sessões de quimioterapia e da perda de cabelo, uma vez que a metástase não tem cura e o tratamento é paliativo.

Mesmo com toda essa mudança em sua vida, a Jussara não deixou a peteca cair. Depois do diagnóstico, ela resolveu protagonizar a própria vida de uma forma não romantizada. “Não virei santa, nem uma nova pessoa. Continuo a mesma”, ela conta ao canal ter.a.pia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Histórias de ter.a.pia com jussara
Os melhores 12 anos da vida da Jussara foram vivendo com câncer metastático que não tem cura

O que mudou na vida da Jussara foram sua prioridades. Se antes ela não viajava por falta de dinheiro, após o câncer ela visitou mais de 10 países sem medo – e ganhando a mesma coisa! “Eu percebi que o tempo é muito curto e tive que tomar um ‘tapa na cara’ para aprender a viver”, diz.

E isso não quer dizer que ela não tenha passado pelo momento de luto, ela só preferiu conviver com a doença sob um olhar diferente. “Temos que entender que tem coisas que não dá pra mudar, mas podemos fazer da nossa vida melhor até o momento da nossa morte”, finaliza.

Atualmente, a história inspiradora da Jussara ajuda muitos outros pacientes de câncer (e não pacientes) a entenderem que ainda há muito o que viver, que não há tempo de ficar para baixo. Confira seu relato na sessão 40 do canal ter.a.pia:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

 

 

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




'Depois do câncer eu vivi os melhores momentos da minha vida' 2

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,975,261SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Vovó pedala 25km todos os dias para vender amendoim e ajudar a neta a se formar em MS

Preguiça não está no vocabulário da vovó Anitta Pereira, 67 anos, que costuma pedalar 25 quilômetros todos os dias para vender amedoim para ajudar...

Com hit “Despacito”, enfermeiras fazem campanha pelo aleitamento materno

Funcionárias da Unidade de Saúde da Família "Maria Casagrande", em Ribeirão Preto, usam a criatividade em prol da saúde.Uma ideia criativa chamou a atenção...

Estudante realiza sonho da faculdade de Nutrição para cuidar da saúde de pessoas negras

“Na cidade de Bauru, eu fiz uma pesquisa e encontrei só seis nutricionistas negras”, conta Jocinei Lopes, homem, negro e estudante de Nutrição, destacando...

Avô constrói réplica da Disneylândia para passar mais tempo com os netos

O engenheiro aposentado Steve Doobs queria passar mais tempo com os netos. Sabendo que seus netos adoram a Disneylandia, ele usou seu tempo livre...

Depois de ser resgatado do lixo, filhote dorme enquanto recebe banho quente

O filhotinho de apenas duas semanas foi encontrado e resgatado de dentro de uma caçamba de lixo, dentro de uma bolsa com mais dois...

Instagram

'Depois do câncer eu vivi os melhores momentos da minha vida' 3