Ela é a primeira professora com Síndrome de Down da Faixa de Gaza

Hiba Al Sharfa é a primeira professora com Síndrome de Down a dar aulas para crianças Down na Faixa de Gaza. Uma conquista importante, que merece ser celebrada, pois agora as crianças se sentem representadas na sala de aula.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A jovem professora dá aulas na Right to Live, uma ONG que oferece apoio a crianças a síndrome. O trabalho da organização consiste na educação e reabilitação dessas crianças para integrá-las na sociedade.

Sem dúvida, Al Sharfa é a professora mais próxima dos alunos, a que tem mais facilidade para entendê-los, pois já passou por experiências parecidas. A comunicação é muito melhor!

Leia também: Primeira educadora do país com Síndrome de Down gana prêmio nacional de educação

Nabil Aljaneed, diretor de reabilitação da ONG, disse que existe um longo trabalho pela frente quando se fala em ajudar as crianças com Síndrome de Down em Gaza.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Fazemos inúmeras oficinas e programas de conscientização para a comunidade local, porque, honestamente, até agora a sociedade local é bem pobre quando se trata de aceitar as crianças e os jovens que têm essa deficiência”, contou o diretor.

Foto: Divulgação

Via [MOVIMENTO DOWN]

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM






Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,988,551SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Desconhecidos ajudam nordestina de 96 anos a conhecer o Cristo

Depois de pensar que estava velha demais pra satisfazer o desejo de uma vida, dona Joana ganhou viagem ao Rio e pôde rezar aos...

Empresa vende sabonete em forma de coala e destina lucros para ajudar animais na Austrália

A loja britânica de cosméticos Lush lançou uma linha de sabonetes em formato de coala, cujo lucro integral será destinado à assistência e amparo...

Voluntário que recupera cadeiras de rodas velhas ganha máquina de R$ 10 mil para melhorar a reforma

Segundo ele, a nova máquina facilitará o conserto dos equipamentos e garantirá uma pintura de qualidade às cadeiras recuperadas e doadas a pessoas de baixa renda.

Vovô sem olfato pede ajuda a neta para comprar perfume ‘cheiroso’ de aniversário para amada

No último domingo (4), a avó de Juliana Alves comemorou mais um aniversário em Cristino Castro, município de 10 mil habitantes no sul do...

Morador de rua faz questão de pagar almoço em restaurante nobre de BH e atitude viraliza

O restaurante só aceitou receber pelo refrigerante que o morador de rua tomou, após ele insistir muito.

Instagram