Ela já sofreu com queimaduras, e hoje aplica técnica especial de tatuagem para cobrir marcas de outras vítimas

“O meu cirurgião plástico me disse para pegar meu dinheiro e tirar umas férias, mas eu senti que para mim não era o fim.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

E definitivamente não era, a superação de Basma Hameed hoje transforma a vida de dezenas de mulheres marcadas por cicatrizes e traumas.

De acidentes domésticos a ataques ácidos, Basma, que também sofreu graves queimaduras sabe exatamente o que passam estas mulheres e assim como se recuperou e hoje é uma bela mulher, leva este trabalho a outras pessoas. As tatuagens cobrem as cicatrizes e aos poucos vão recuperando a beleza e autoestima das pacientes e para as que ainda não podem começar o tratamento, pois existe um tempo de recuperação da pele, a médica ensina a aplicação de uma base corretora que ela mesma desenvolveu.

O vídeo mostrando este belo trabalho você confere abaixo, as imagens são fortes, mas a superação e gratidão são ainda mais.

[youtube_sc url=”https://www.youtube.com/watch?v=OEtJIESkk9U#t=38″]

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Screen Shot 02-17-15 at 12.17 PM 002 Screen Shot 02-17-15 at 11.42 AM 003Screen Shot 02-17-15 at 12.16 PM Screen Shot 02-17-15 at 12.17 PM 003

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,850,069SeguidoresSeguir
24,983SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Cachorrinha não sai do lado de dono cego que desmaiou; vídeo comovente viralizou

Fernando da Silva, de 43 anos, é deficiente visual e diabético e vive em Guarulhos (SP). Ele mora em uma casinha alugada com a...

Pesquisadoras da Unicamp desenvolvem colírio que evita e trata a perda de visão em diabéticos

Uma dupla de pesquisadoras brasileiras desenvolveu um colírio que previne e combate a perda da visão entre os diabéticos, a chamada retinopatia diabética. "A grande vantagem...

Adolescentes veem idoso cair no chão e param carro para ajudá-lo a se levantar

Cinco garotos adolescentes estão sendo chamados de heróis depois de terem ajudado um homem idoso a se levantar após ele ter caído bruscamente no...

Sorveteiro que foi humilhado por jovens realiza sonho da casa própria com ajuda de vaquinha

Gente, o seu Aldonízio enfim conseguiu o que tanto sonhava: uma casinha para ele morar com a família. Depois de ter sido humilhado enquanto...

Mãe vai para semáforo com cartaz pedir emprego onde possa levar filho autista

Há meses em busca de emprego, Edileuza Pereira Barros, 44 anos, decidiu criar um cartaz e partir rumo aos semáforos de Goiânia (GO) pedindo...

Instagram

Ela já sofreu com queimaduras, e hoje aplica técnica especial de tatuagem para cobrir marcas de outras vítimas 3