Ele fez novos amigos sentado na Avenida Paulista

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Caros,  conheci o Fernando Conte há pouco tempo, e ele é daquelas pessoas iluminadas, pedi a ele para mostrar a todos esse projeto que ele fez, e ele gentilmente me autorizou e mandou esse texto que reproduzo na íntegra abaixo sobre o que ele fez e algumas fotos do dia.

 

Olá,
Meu nome é Fernando Conte, tenho 24 anos, sou publicitário, nasci e vivo em São Paulo.
Ultimamente tenho pensado e refletido muito sobre o que acredito e o que estou disposto a fazer para sair literalmente do meu estado de Inércia.
E a resposta para estes questionamentos não é uma coisa simples de saber. Ainda estou batalhando, mas sinto que já consegui ter resultados fantásticos.
E estou aqui hoje para compartilhar com vocês uma experiência maravilhosa que tive nesta quarta feira, dia 23/05.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para sair da minha Inércia, resolvi ir para a Av. Paulista e conversar com as pessoas, saber como estava o dia delas e se eu poderia fazer algo para ajudá-las.
Na realidade, queria estar disponível para conversar com elas. Mas como fazer isso?

Peguei uma toalha vermelha, uma almofada, um banquinho, algumas balas, bolachas, um caderninho e uma placa. E isso foi o suficiente para eu ter uma das experiências mais incríveis que já tive!
Criei coragem, inspirei fundo, estendi a toalha, sentei na almofada, coloquei as balas e bolachas em potes, deixei o banquinho na minha frente ao lado do caderninho e coloquei a seguinte placa: VOCÊ JÁ FEZ UM AMIGO HOJE? SENTE-SE!

As pessoas passavam com seus passos rápidos, cabeça estendida e com fome, já que era a hora do almoço, até que uma Senhora veio e me perguntou: Você é louco? O que faz sentado no chão? E eu respondi com um belo sorriso no rosto: Se ser louco é acreditar nas pessoas, então sou MUITO louco! Estou sentado aqui, pois acredito que nos esquecemos de fazer as coisas mais simples, como um sorriso, um olhar, um contato, um afeto ou até mesmo uma amizade. Estamos sempre correndo e nos fechando cada vez mais para situações que desafiem de alguma forma o nosso dia. Nos deixamos levar por situações, como uma greve do metrô ou dias ruins que temos e por estas razões deixamos de acreditar em nós mesmos, nas nossas próprias ideias, a ponto de esquecê-las por termos medo e insegurança pelo o que os outros vão dizer ou o que poderá acontecer. E isso é uma pena! Por que eu acredito demais nas pessoas e na minha vida, sei que há algo grande guardado e como forma de gratidão exijo ser o narrador da minha história e quero que as pessoas sintam o mesmo que eu e vivam acreditando que SIM é possível! Que podemos ser muito felizes com coisas pequenas, com SIMPLICIDADE. É por isso que estou aqui sentado.

Depois deste discurso ela foi a primeira de 68 pessoas a passarem pelo meu banquinho, sem contar os inúmeros sorrisos que ganhei, os abraços, apertos de mão, fotos, depoimentos e muita atitude!
Escutei diversas histórias maravilhosas e fui presenteado com muita emoção e carinho por todos. Sem exceções! No início me achavam um pouco louco, mas gostaram muito do que estava fazendo e agradeceram por mudar o dia delas. Gostaria de compartilhar cada história com vocês, mas não caberia neste texto ou não chegariam a terminar este meu texto.

Pequenas ações podem sim causar um alto impacto social no dia a dia das pessoas, só precisamos fazer acontecer com o nosso coração, vivo dizendo que se fizermos algo com o coração aberto não tem como dar errado. Simplesmente não tem! Não estou querendo dizer que mudaremos o mundo com estas ações, mas causaremos uma MUDANÇA na vida delas. E esse é o meu objetivo com o movimento Diga Não à Inércia. Não importa se você está parado ou a 200 km/h se não está CONSCIENTE do que faz, a ponto de se manter CONSTANTE naquilo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quero que nós, filósofos do dia a dia, começássemos a refletir mais sobre nossas atitudes, sobre nossas vontades, desejos e SONHOS!
Paramos de falar de SONHOS! Estamos desacreditados com tudo o que acontece no mundo. E ainda há esperança? Devo dizer que sim e muita! Há muitas pessoas querendo se envolver mais, se conectar com algo novo e pertencer de alguma forma a tudo que representa.

Somos humanos, mas estamos perdidos a ponto de não refletir o que somos por si só. Somos um SER humano! Precisamos SER mais! E precisamos estar juntos, construindo um SONHO individual em um sonho COLETIVO!

E é por isso que continuarei com as minhas pequenas ações por ai! Por que eu sei no que eu acredito e vou até o fim! O meu poder divino, por mais piegas que seja, é o AMOR! E com amor não temos MEDO, não temos insegurança, simplesmente fazemos! Vivemos acreditando em algo maior!

Deixo aqui um convite: vamos fazer isso juntos? Sei que não estou sozinho! Juntos somos mais!
Amo o meu Brasil por isso! Somos tão diferentes pela cultura, mas ao mesmo tempo tão próximos pela crença e esperança! E isso não deve ser esquecido jamais!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para quem quiser conversar mais ou me encontrar fora do mundo ONLINE, fico à disposição para marcarmos qualquer coisa!

Um grande abraço a todos vocês que de alguma forma acreditaram e gostaram da ação que fiz! Está sendo uma honra gigantesca ser amigo de vocês!

É isso galera, eu continuo acreditando muito! Quem quiser ver o post direto do facebook dele, cliquem aqui.

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,850,818SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Austrália reduz em 80% o consumo de sacolas plásticas descartáveis em apenas três meses

Por The Greenest Post As sacolas plásticas, apesar de parecerem inofensivas e serem adoradas pelos brasileiros já que é possível reaproveitá-las como lixo, é uma...

Retratadas como deusas da amamentação, fotos exuberantes mostram mães e filhos

Por algumas razões ridículas, que geralmente é o julgamento de outras pessoas, algumas mulheres ainda sentem vergonha do ato da amamentação em público. A fotógrafa Ivette...

Pastor faz gangues rivais se unirem pela primeira vez para distribuir comida para a população carente

17Desde o início da pandemia de Covid-19, a África do Sul registrou uma queda impressionante de 75% na taxa de crimes violentos. Agora, membros...

Ele é o primeiro tetraplégico do Brasil que voltará a andar após tratamento inovador

O engenheiro Bruno Medeiros, de 32 anos, passou oito anos em uma cadeira de rodas. O mineiro de Santa Rita do Sapucaí ficou tetraplégico...

Fotógrafa faz calendário com atletas nus para motivar pessoas e promover caridade

Dominika Cuda é fotógrafa e ex maratonista e teve uma ideia maravilhosa para começar 2018 com o pé direito:  ela reuniu atletas de várias...

Instagram