Ele parou de fumar e agora usa o dinheiro para viajar e fazer melhorias em casa

Infelizmente o cigarro ainda é um vício presente na vida de muitas pessoas, mas sempre tem aquelas que conseguem dar a volta por cima e largar o vício, como é o caso do cearense Nilo Veloso, que hoje tem 66 anos. Ele costumava fumar 3 maços de cigarro por dia, chegando a gastar uma média de 6 mil reais todos os anos! Com 6 mil reais podemos fazer muitas coisas, como por exemplo viajar e reformar nossa casa. Que foi exatamente o que ele fez!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Após 34 anos fumando, largar o cigarro não foi tarefa fácil, mas ele se viu decidido, quando aos 54 anos, passou mal enquanto fumava e dirigia. De repente, tudo ficou escuro e ele achou que iria morrer. Foi quando pediu ajuda à Nossa Senhora e e fez uma promessa de nunca mais fumar, daquele dia em diante. Ele já tinha tentado parar outras vezes, mas não obteve sucesso. Mas nesse dia, as coisas foram diferentes, pois ele se viu perto da morte.

Para agradecer à Nossa Senhora de Fátima pela conquista, todo dia 13 (dia da santa) ele usa branco durante o dia inteiro e vai à missa ao meio dia. Mas as coisas boas não param aí: agora que o dinheiro do cigarro está sobrando, ele e sua esposa estão aproveitando para viajar e já foram para Argentina, Uruguai, Chile e duas vezes para a Serra Gaúcha!

Além disso, reformou os móveis da sua casa, trocou o colchão da cama, comprou um computador e uma bicicleta, que usa para pedalar com os amigos 4 vezes por semana. O valor economizado em 2018, ele pretende usar para realizar o sonho de ir até o Rio de Janeiro durante o Carnaval para desfilar pela sua escola de samba do coração, a Mangueira. Parabéns, Nilo! Você é uma inspiração!

Com informações de Só Notícia Boa

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fotos: Nilo Veloso

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,095,548FãsCurtir
2,693,270SeguidoresSeguir
22,558SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Heineken e Unilever irão doar higienizador para 270 mil famílias de 210 favelas de SP

O Grupo Heineken no Brasil e a Unilever se uniram às empresas Universal Chemical, BrasALPLA, CCL, Alemolde, PQS, WestRock, CRX Design e Sonoco-Trident, em...

Campanha para ajudar menina com paralisia cerebral voltar a dançar bomba na internet

A pequena Finley foi adotada aos 9 meses com o diagnóstico de paralisia cerebral, que dificulta sua locomoção. Ela conta com a solidariedade dos...

Segurança de metrô tranquiliza garoto autista e o acompanha até a porta de casa

Taylor Pomilla costuma dizer que seu filho, Andrew, "têm dias bons e ruins, como qualquer criança", mas que ela precisa "estar muito bem preparada...

‘Holocausto sírio’: 8 maneiras práticas de ajudar as vítimas da guerra em Alepo

Cada um de nós pode dar a essas pessoas uma razão para acreditar que os bons são a maioria. É o momento de sermos solidários com as vítimas dessa tragédia de dimensões intoleráveis.

Pesquisa revela os impactos afetivos e sociais das tecnologias digitais no comportamento dos jovens

Pesquisa Juventudes e Conexões levantou pontos positivos e negativos que jovens entre 15 e 29 anos, das cinco regiões do país, sentem sobre a influência da tecnologia nas suas vidas.

Instagram

Ele parou de fumar e agora usa o dinheiro para viajar e fazer melhorias em casa 2