Em 20 dias, boliviana constrói casas de garrafa PET para famílias carentes

Desde pequenininha, a boliviana Ingrid Vaca Diez é apaixonada por artesanato. E ela viu nesse talento uma ferramenta para construir casas para famílias em situação de extrema pobreza usando garrafas PET, através do projeto Casas de Botellas (“Casas de Garrafas”, em espanhol).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Após muita pesquisa, Ingrid descobriu a fórmula de uma espécie de cimento ecológico, feito à base de barro, açúcar, mingau e linhaça, para a construção sustentável.

A boliviana de Santa Cruz de La Sierra teve a ajuda de cerca de 10 voluntários para construir cada casa em apenas 20 dias, incluindo os futuros moradores, que ela entende ser importante para eles darem valor à nova moradia.

O projeto já ergueu centenas de casas sustentáveis para pessoas carentes na Bolívia e em outros países da América Latina: Argentina, México e Uruguai, por exemplo. O Brasil é o próximo país onde Ingrid pretende construir casas sustentáveis, pois, segundo ela, temos uma cultura de reutilização de materiais bastante difundida e muita gente disposta a fazer o bem.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,434,652SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Com filha no colo, deputado maranhense participa de reunião e foto viraliza

Uma foto do deputado maranhense Yglésio Moyses com a filha no colo, que dormia profundamente durante uma reunião de trabalho na CCJ, viralizou nas redes sociais.

Idoso ensina namorada a ler depois de derrame cerebral

A foto conta não só uma história de recuperação, mas uma história de amor. Milhões de internautas pelo mundo inteiro se sentiram emocionados quando uma...

Primeira educadora do país com Síndrome de Down ganha prêmio nacional de educação

No fim do mês passado, a professora potiguar Débora Seabra, de 33 anos, recebeu o Prêmio Darcy Ribeiro de 2015, em Brasília, como a...

Vídeo quer acabar com o constrangimento em ver pessoas com deficiência em momentos íntimos

Muita gente não consegue imaginar que pessoas com deficiência tenham tesão, desejo, carências, curtam namorar, sair pra balada, enfim, necessidades normais de qualquer ser...

Pai faz panquecas artísticas coloridas para seu filho comer com com gosto

Já foi estabelecido que, nas mãos de um cozinheiro especialista em café da manhã, uma panqueca pode se tornar um legítimo meio artístico como...

Instagram