Empregada doméstica paga IPTU de creche em Gravataí (RS)

A empregada doméstica Roseli Teresinha Meinerz comemorou recentemente seu aniversário de 50 anos e, na festa, pediu aos convidados doações para pagar o IPTU de uma creche.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Moradora de Gravataí (RS), Roseli ficou sensibilizada ao descobrir que a Escola de Educação Infantil Cantinho Feliz, que atende crianças entre 3 e 5 anos, em sua maioria de famílias de baixa renda, poderia fechar as portas.

A escolinha é a única alternativa para os pais que precisam trabalhar o dia todo e necessitam de alguém para cuidar dos filhos. Como não cobra mensalidade, ela conta com o apoio vital da comunidade para se manter e oferecer quatro refeições por dia para os pequenos.

Empregada doméstica paga IPTU de creche comunitária

Segundo a diretora da Cantinho Feliz, Margareth Borges, o custo é alto, mas a escolinha mantém pedagogo, nutricionista e todos os profissionais exigidos para dar a melhor educação aos alunos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia também: Sandra Annenberg pagou cursinho pré-vestibular para filho de sua empregada doméstica

No ano passado, a instituição atendeu 52 alunos. Alguns já se formaram na educação básica e devem ingressar no Ensino Fundamental, enquanto outros devem chegar.

Empregada doméstica paga IPTU de creche comunitária

Margareth estima entre 40 e 50 novas crianças no ano letivo que começa em fevereiro. Mas manter as contas em dia é bastante complicado. “Estávamos com o IPTU atrasado, íamos para o terceiro ano sem conseguir pagar”, relata.

Assim, o pagamento do IPTU atrasado foi essencial para assegurar que as crianças poderão contar com a escola neste ano.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Empregada doméstica paga IPTU de creche comunitária

Ao lado de amigos e familiares, Roseli conseguiu juntar R$ 3.500 para quitar a dívida. Ao descobrir mais R$ 600 de juros e multas por atrasos, a empregada doméstica tirou do próprio bolso o restante para complementar.

Ela afirma que fez tudo ‘de bom grado’ e que não fez nada ‘para aparecer’. “Quero apenas incentivar outras pessoas a tomarem ações como essa”, concluiu.

Veja como foi a formatura de 2019 da escolinha:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia também: Ex-empregada doméstica ‘enfrenta’ o tráfico e alimenta 230 crianças todos os dias em favela de SP

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: Giro de Gravataí/Fotos: Lúcio Motta/Reprodução

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

Relacionados

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

996,688FãsCurtir
1,941,506SeguidoresSeguir
9,717SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

USP cria ventilador pulmonar de baixo custo com tecnologia 100% brasileira

Cientistas da USP desenvolveram um protótipo de ventilador pulmonar emergencial capaz de ser produzido em massa para atender a demanda hospitalar de pacientes infectados...

Homem planta 152 milhões de árvores e refloresta manguezal sozinho no Senegal

Um homem aposentado plantou incríveis 152 milhões de árvores em um intervalo de 10 anos às margens do rio Casamansa, no Senegal. Plantando sem parar...

Nesse hotsite especial agrupamos vagas home office para ajudar você

Por conta do coronavirús, as empresas estão adotando o home office para driblar a crise. Para ajudar você que perdeu ou busca por um...

Idoso de 80 anos constrói trenzinho para cães que resgatou das ruas

Um idoso de 80 anos passa seu tempo livre operando o que provavelmente pode ser o trem mais divertido do mundo! O senhor Eugene Bostick...

Cliente antecipa pagamentos para salão de sobrancelha passar por crise do coronavírus

A servidora pública Débora Benon, de Brasília (DF), tinha uma viagem planejada com o marido e os três filhos no início de abril. Mas veio...

Instagram