C&A abre vagas de emprego exclusivas para travestis e transexuais

A C&A, maior rede de lojas de departamento do Brasil, em parceria com a ONG Transempregos anunciaram a abertura de mil vagas de emprego exclusivas para travestis e transexuais. O objetivo da varejista é facilitar o acesso ao mercado de trabalho para esses profissionais que representam uma minoria historicamente negligenciada e que sofre preconceito durante a disputa por um emprego.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

As mil vagas oferecidas são para trabalhos temporários da temporada de fim de ano distribuídas nas mais de 270 lojas da C&A distribuídas país afora. Para se candidatar, é necessário ter concluído o ensino médio, mas não é exigido ao candidato ter experiência anterior na função. São considerados diferenciais aqueles que já tiverem atuado em atendimento ao cliente, tenham interesse por moda e vestuário, entre outros.

Leia tambémColetivo Trans Sol resgata autoestima e capacita mulheres trans e travestis

Para se inscrever, os interessados precisarão procurar o Setor de Operações de Loja da C&A. Maiores informações sobre as vagas disponibilizadas e o processo seletivo de cada loja estão disponíveis neste link.

A ONG Transempregos é uma iniciativa social que auxilia a inserção de indivíduos transexuais e travestis no mercado de trabalho formal. A organização não-governamental também capacita empresas, de modo que elas possam receber estes profissionais com respeito e dignidade merecida; o foco de capacitação são os departamentos de recursos humanos e jurídico, a fim de desenvolver um ambiente mais inclusivo, construindo uma ponte entre a empresa e seus colaboradores.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia tambémConheça a primeira diretora transexual de escola pública em SP

De acordo com informações da Associação Nacional de Travestis e Transexuais (ANTRA), um chocante percentual de 90% dos travestis e transexuais do Brasil acabam marginalizados na sociedade.

O grande desafio para reverter esse panorama é trabalhar para aumentar o nível de escolaridade dessas pessoas, que costumam largar os estudos precocemente, além de reduzir o preconceito, especialmente nas empresas. Negligenciados, a prostituição se torna o único meio de sobrevivência.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: B9

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,855,215SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Políticos na França participam de reality show para conhecer de perto o problema dos cidadãos

Imagine o ministro dos transportes ser um cadeirante ou um taxista, um parlamentar ser um assistente no serviço de emergência de um hospital, uma...

Bombeiro auxilia equipe médica a atender paciente surda em Libras: ‘Inclusão é essencial’

O bombeiro Walker Isaac de Sousa, 25, auxiliou uma equipe médica ao se comunicar em libras com uma paciente que tem deficiência auditiva na...

Fotógrafa faz ensaio newborn com porquinha bebê de derreter nossos corações

O ensaio newborn sempre é feito quando os pais querem registrar os primeiros dias do filho, não é? E foi exatamente o que Connie...

Dia Mundial das Doenças Raras incentiva conhecimento sobre o tema que afeta mais de 13 milhões de brasileiros

Para mostrar a importância de falar sobre doenças tão raras e tão pouco conhecidas, criou-se o Dia Mundial das Doenças Raras.

Austrália reduz em 80% o consumo de sacolas plásticas descartáveis em apenas três meses

Por The Greenest Post As sacolas plásticas, apesar de parecerem inofensivas e serem adoradas pelos brasileiros já que é possível reaproveitá-las como lixo, é uma...

Instagram