Em SP, empresa acaba com cargos de chefia e ganha em produtividade

Já não é de hoje que muitas empresas estão inovando e criando coisas diferentes, que antes até seriam consideradas fúteis, mas elas têm relação direta com o rendimento e a qualidade de vida de seus funcionários. Um grande exemplo de como as mudanças podem e são positivas é a empresa Verte, localizada na Vila Olímpia. Até pouco tempo atrás, essa era mais uma empresa comum, com CEO, diretor e etc…

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Desde 2016 a empresa adotou um sistema de gestão compartilhada, onde existem três núcleos: o orientativo (onde estão os profissionais mais graduados), o executivo (equivalente ao nível de analista num sistema tradicional) e o de apoio (onde estão assistentes e auxiliares).

Resumidamente, nesta empresa não existem chefes, já que a ideia é que cada um possui a sua importância e assim a empresa acaba funcionando de forma mais orgânica e circular. Se antes a empresa tinha aquela estrutura tradicional, com várias mesas e salas apertadas, hoje o escritório é todo aberto, com mesas conjuntas e sem lugar marcado. Cada um pode trabalhar de onde quiser.

Quando a liberdade é maior, o rendimento também é. A dona da empresa e responsável pelo projeto é Sandra Rossi e ela afirma que desde que houve a mudança, os projetos passaram a ser avaliados em 100% pelos clientes e todas as decisões são tomadas em conjunto.

No começo os funcionários se assustaram um pouco com a mudança, mas isso é normal, pois todo mundo tem medo do desconhecido. Mas Leandro Gandra, que está na empresa há mais de 10 anos e tinha um cargo de diretoria antes da mudança, afirma que agora a empresa é muito mais preocupada com a gestão das pessoas que trabalham lá e que isso é extremamente importante para a felicidade dos funcionários e o bom funcionamento das coisas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

As férias por exemplo, são os próprios funcionários que decidem entre eles quem vai tirar férias quando e assim, todo mundo fica feliz. O que fez a empresa adotar esse novo modelo? Quando eles viram que os funcionários estavam desmotivados e infelizes.

Felizmente, o mundo está cada vez mais propenso a adotar um sistema diferente de trabalho, consumo e vida em conjunto, mais democrático e que seja bom para todo mundo. Quem não gostaria de trabalhar em uma empresa assim?

Com informações de Exame

Fotos: Rafael Rupsel/Verte/Divulgação

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,829,971SeguidoresSeguir
24,599SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Cachorro leva o dono para matagal e juntos salvam bebê abandonada

Um cachorrinho chamado Macho estava passeando com seu dono pelas ruas de São Petersburgo, na Rússia, quando subitamente começou a empurrar seu dono para...

Alerta fofura: O antes e o depois de cachorros que ganharam novo visual

A fotógrafa especialista em fotografias de animais, Grace Chon, produziu um ensaio que mostra o antes e o depois de cachorros que tiveram seus...

Motoqueiros “invadem” casa de repouso pra fazer churrasco para idosos

Com esta história nós temos a intenção de mostrar como existem pessoas generosas, que estão dispostas a ajudar quem precisa e a fazer a...

Mistura de sensações: confira o relato da cadeirante que visitou um restaurante que te deixa “cego”

O O.NOIR com certeza oferece algo diferente. A experiência comum de ir a um restaurante, pedir um prato e curtir a noite muda completamente quando...

Campanha quer ampliar a definição de família para abranger todas as formas de amor

Com base em todas as sugestões enviadas e, com a ajuda de especialistas da língua, será escolhida uma definição mais ampla, fazendo com que as novas gerações conheçam um significado de família mais democrático e sem preconceitos.

Instagram

Em SP, empresa acaba com cargos de chefia e ganha em produtividade 4