Empresa indiana cria tijolo sustentável feito com areia e plástico reutilizado

Esse ano tivemos uma série de criações sustentáveis que só nos alegra sobre o futuro do meio ambiente.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Dessa vez, a Rhino Machines, uma empresa sediada na Índia, lançou um tijolo 100% sustentável, feito a partir da reciclagem de resíduos de areia/poeira de fundição (80%) e resíduos plásticos mistos (20%). A ideia é utilizar o Bloco de Plástico de Sílica em construções sustentáveis a partir de agora.

tijolo sustentável de sílica
Reprodução: Google

O projeto foi elaborado por um time de pesquisas do escritório de arquitetura R + D Studio. O tijolo sustentável foi pensado como uma forma de enfrentar o desperdício de poeira e a poluição que é muito grande na Índia, o que traz um elevado risco ambiental para o país.

Leia também: Papel higiênico 100% sustentável vira adubo após uso

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os primeiros testes para o Bloco de Plástico de Sílica foram feitos em uma das usinas de fundição da Rhino Machines. A ideia era utilizar toda a poeira de fundição, gerada pela indústria, na produção de tijolos de cinzas volantes ligadas por cimento e tijolos de argila.

tijolo sustentável
Reprodução: Google

Só que os recursos naturais liberados pela usina não foram suficientes para concluir o projeto. A partir disso, mais pesquisas começaram a ser feitas. Foi quando um outro time teve a ideia de juntar o pó de areia/fundição com plástico.

E deu tudo certo!

Os SPBs (sigla em inglês) têm força suficiente para sustentar o peso de construções de grande porte. De acordo com a Rhino, ele é capaz de segurar 2,5 vezes a força dos tijolos de barro vermelho normais.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia Também: Pesquisadora de Manaus desenvolve plástico biodegradável a partir do cará

Com os primeiros tijolos prontos, a Rhino partiu para novos testes. Eles desenvolveram novos moldes do SPB como blocos de pavimentação e os resultados foram positivos!

O plástico utilizado no SPB vem de várias indústrias, como hospitais, organizações sociais e empresas municipais, que garantiram seis toneladas de resíduos para a produção do tijolo. Indústrias de fundição também vão contribuir com dezesseis toneladas de poeira e areia para a reciclagem.

O próximo passo da Rhino Machines é apresentar o SPB como uma solução ecossistêmica para diversas empresas do mundo. Dessa forma o tijolo poderá ser produzido em larga escala e utilizado em diversas construções pelo mundo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Veja também:

 

FONTE: Ciclovivo 

 

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,857,801SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Dispositivo realiza exames como HIV, Zika e hepatite em 10 minutos

O Hilab realiza exames mais rápidos e mais baratos do que laboratórios convencionais.

National Geographic recria sons do oceano utilizando resíduos plásticos retirados do mar

O álbum "Sons do Futuro Oceano" tem 4 faixas de sons da natureza feitos com resíduos plásticos retirados do mar.

Conheça as divertidas orquídeas que têm o rosto de um macaquinho – veja as fotos

Mas, gente! As orquídeas estão entre as plantas mais bonitas que existem, mas essa particularmente é um pouquinho mais divertida! Conhecidas como Orchid Simia ou...

Urls erradas de sites pornô levam para um site contra a exploração sexual feminina

Você já parou pra pensar do drama vivido pelas mulheres que trabalham na indústria pornô? As mulheres totalizam 70% das pessoas que contraem DST nessa indústria...

Menino tem dia dos sonhos com seus amigos coletores de lixo

"Ficamos sem palavras de ver o nosso filho extremamente feliz"

Instagram