Empresa indiana cria tijolo sustentável feito com areia e plástico reutilizado

Esse ano tivemos uma série de criações sustentáveis que só nos alegra sobre o futuro do meio ambiente.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Dessa vez, a Rhino Machines, uma empresa sediada na Índia, lançou um tijolo 100% sustentável, feito a partir da reciclagem de resíduos de areia/poeira de fundição (80%) e resíduos plásticos mistos (20%). A ideia é utilizar o Bloco de Plástico de Sílica em construções sustentáveis a partir de agora.

tijolo sustentável de sílica
Reprodução: Google

O projeto foi elaborado por um time de pesquisas do escritório de arquitetura R + D Studio. O tijolo sustentável foi pensado como uma forma de enfrentar o desperdício de poeira e a poluição que é muito grande na Índia, o que traz um elevado risco ambiental para o país.

Leia também: Papel higiênico 100% sustentável vira adubo após uso

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os primeiros testes para o Bloco de Plástico de Sílica foram feitos em uma das usinas de fundição da Rhino Machines. A ideia era utilizar toda a poeira de fundição, gerada pela indústria, na produção de tijolos de cinzas volantes ligadas por cimento e tijolos de argila.

tijolo sustentável
Reprodução: Google

Só que os recursos naturais liberados pela usina não foram suficientes para concluir o projeto. A partir disso, mais pesquisas começaram a ser feitas. Foi quando um outro time teve a ideia de juntar o pó de areia/fundição com plástico.

E deu tudo certo!

Os SPBs (sigla em inglês) têm força suficiente para sustentar o peso de construções de grande porte. De acordo com a Rhino, ele é capaz de segurar 2,5 vezes a força dos tijolos de barro vermelho normais.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia Também: Pesquisadora de Manaus desenvolve plástico biodegradável a partir do cará

Com os primeiros tijolos prontos, a Rhino partiu para novos testes. Eles desenvolveram novos moldes do SPB como blocos de pavimentação e os resultados foram positivos!

O plástico utilizado no SPB vem de várias indústrias, como hospitais, organizações sociais e empresas municipais, que garantiram seis toneladas de resíduos para a produção do tijolo. Indústrias de fundição também vão contribuir com dezesseis toneladas de poeira e areia para a reciclagem.

O próximo passo da Rhino Machines é apresentar o SPB como uma solução ecossistêmica para diversas empresas do mundo. Dessa forma o tijolo poderá ser produzido em larga escala e utilizado em diversas construções pelo mundo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Veja também:

 

FONTE: Ciclovivo 

 

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,777,376SeguidoresSeguir
23,544SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Menino de 6 anos cria “Caixa Solidária” para ajudar população de rua em Bauru (SP)

Sensibilizado com as pessoas que moram em situação de rua no seu bairro, o pequeno Lucas, de 6 anos, criou uma "Caixa Solidária" para...

Thiago Braz consola francês que foi vaiado no pódio por torcida brasileira

O alemão Thomas Bach, presidente do Comitê Olímpico Internacional, não ficou muito feliz com as vaias da torcida para o francês Renaud Lavillenie, 29,...

É aprovado projeto de lei que proíbe criação de animais em confinamento em SP

A Comissão de Meio Ambiente da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP) aprovou o projeto de lei 714/12, de autoria do deputado...

Queda de braço entre dois moradores de rua por 100 dólares termina de forma inesperada

Um youtuber novaiorquino resolveu ajudar dois moradores de rua que não se conheciam, mas falou que eles teriam que competir pelo prêmio de 100...

Neste bairro australiano moradores podem colher alimentos na rua de graça

Cada vez mais comum a prática de hortas comunitárias nas cidades, oferecendo alimentos fresquinhos e sem custo, uma forma incrível tanto de conscientizar os...

Instagram

Empresa indiana cria tijolo sustentável feito com areia e plástico reutilizado 2