Empresa indiana cria tijolo sustentável feito com areia e plástico reutilizado

Clique e ouça:

Esse ano tivemos uma série de criações sustentáveis que só nos alegra sobre o futuro do meio ambiente.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Dessa vez, a Rhino Machines, uma empresa sediada na Índia, lançou um tijolo 100% sustentável, feito a partir da reciclagem de resíduos de areia/poeira de fundição (80%) e resíduos plásticos mistos (20%). A ideia é utilizar o Bloco de Plástico de Sílica em construções sustentáveis a partir de agora.

tijolo sustentável de sílica
Reprodução: Google

O projeto foi elaborado por um time de pesquisas do escritório de arquitetura R + D Studio. O tijolo sustentável foi pensado como uma forma de enfrentar o desperdício de poeira e a poluição que é muito grande na Índia, o que traz um elevado risco ambiental para o país.

Leia também: Papel higiênico 100% sustentável vira adubo após uso

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os primeiros testes para o Bloco de Plástico de Sílica foram feitos em uma das usinas de fundição da Rhino Machines. A ideia era utilizar toda a poeira de fundição, gerada pela indústria, na produção de tijolos de cinzas volantes ligadas por cimento e tijolos de argila.

tijolo sustentável
Reprodução: Google

Só que os recursos naturais liberados pela usina não foram suficientes para concluir o projeto. A partir disso, mais pesquisas começaram a ser feitas. Foi quando um outro time teve a ideia de juntar o pó de areia/fundição com plástico.

E deu tudo certo!

Os SPBs (sigla em inglês) têm força suficiente para sustentar o peso de construções de grande porte. De acordo com a Rhino, ele é capaz de segurar 2,5 vezes a força dos tijolos de barro vermelho normais.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia Também: Pesquisadora de Manaus desenvolve plástico biodegradável a partir do cará

Com os primeiros tijolos prontos, a Rhino partiu para novos testes. Eles desenvolveram novos moldes do SPB como blocos de pavimentação e os resultados foram positivos!

O plástico utilizado no SPB vem de várias indústrias, como hospitais, organizações sociais e empresas municipais, que garantiram seis toneladas de resíduos para a produção do tijolo. Indústrias de fundição também vão contribuir com dezesseis toneladas de poeira e areia para a reciclagem.

O próximo passo da Rhino Machines é apresentar o SPB como uma solução ecossistêmica para diversas empresas do mundo. Dessa forma o tijolo poderá ser produzido em larga escala e utilizado em diversas construções pelo mundo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Veja também:

 

FONTE: Ciclovivo 

 

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,071,933FãsCurtir
2,422,376SeguidoresSeguir
20,175SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Desconhecidos dão vida nova a idoso que recebeu arroz com ração de cachorro para comer

A história de seu José Adan começou triste, mas terminou muito feliz. Ele é um senhor idoso que vive em situação de rua e...

Yaci e Yara, filhas de quilombolas, são capa da Marie Claire

Dona Maria Santana deve estar orgulhosa, afinal, suas duas filhas gêmeas, Yaci e Yara, estão conquistando o mundo da moda com sua beleza estonteante...

Em apenas 24h, vaquinha para menino que cuida sozinho da mãe doente arrecada mais de R$277 mil

Genteeee, que alegria! Em menos de 24h, batemos a meta da vaquinha para comprar uma casa para o menino José, 15 anos, a mãe...

Internautas impedem falência de camisaria de idoso e vaquinha arrecada mais de R$50 mil em menos de 24h

Genteee, conseguimos! Batemos a meta da vaquinha pro Seu Pedroso não perder sua pequena camisaria, que ele tem há 75 anos. A história do vovô...

Após vídeo viralizar, idoso recebe apoio de desconhecidos para salvar sua camisaria em SP

Apenas seis! Essa é a quantidade de camisas que o seu Odiney Pedroso, um senhorzinho prestes a completar 90 anos, vendeu desde o início...

Instagram

Empresa indiana cria tijolo sustentável feito com areia e plástico reutilizado 14