Empresa transforma lixo retirado do mar em baldes, vasilhas e até vassouras

Clique e ouça:

Uma empresa portuguesa lançou uma inovadora linha de produtos de limpeza feitos a partir do lixo marítimo reciclado.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Vasilhas, vassouras, potes, baldes e cestos feitos com resíduos marítimos chamaram a atenção do público presente na maior feira mundial de artigos para o lar, em Frankfurt, na Alemanha.

“Vamos ser os primeiros no mercado a fazer o aproveitamento de redes e cordas de pesca, todo o material que resulta da indústria piscatória, que não tinham encaminhamento, para fabricar produtos para a casa”, anunciou Fernando Teixeira, presidente executivo da Fapil.

Empresa portuguesa lança produtos feitos lixo marinho

A primeira leva de produtos contém 20% de resíduos marítimos reciclados em sua composição.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Cada um de nós tem de fazer o que está ao seu alcance e a Fapil procura alternativas que possam ajudar o ambiente, procurar materiais que não estavam a ter um destino para serem valorizados”, sustentou.

De acordo com a empresa, os produtos serão disponibilizados a partir de março em Portugal e em toda a União Europeia – ainda não há previsão de lançamento no Brasil.

Futuramente, o objetivo é usar 100% do plástico reciclado para fabricar os artigos de limpeza.

Empresa portuguesa lança produtos feitos lixo marinho
Fernando Teixeira, CEO da Fapil.

Além de ser pró-meio ambiente, a iniciativa é lucrativa: este ano, a Fapil teve faturar € 22 milhões (R$ 104 milhões) em volume de negócios. Uma alta de 10% em comparação com o ano passado.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A Fapil foi fundada há 45 anos por uma família simples de Lisboa. Há duas décadas, ela fabrica produtos usando plástico reciclado, além de reaproveitar resíduos que geralmente são incinerados.

[Nota da Redação]

A cada bebê que traz ao mundo, o médico Calixto Hueb presenteia a mãe com uma arvorezinha para que a criança cresça com ela. É um primeiro presente à família do recém-nascido e também uma contribuição valiosa do médico para a preservação do meio ambiente. Vem conhecer mais essa história, dá play no vídeo abaixo:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: Sapo/Fotos: Reprodução/Fapil

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,078,209FãsCurtir
2,422,376SeguidoresSeguir
20,712SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Confeiteira é humilhada por cobrar taxa de entrega de R$2 e recebe apoio de internautas

A confeiteira Ângela Oliveira foi humilhada por uma cliente que se recusou a pagar a taxa de entrega do seu bolo de pote. Na troca...

Sogro anda de mãos dadas com genro para ajudá-lo a superar medo de sair na rua com o namorado

Fran guarda algumas memórias ruins de um passado recente, quando ele sofreu preconceito por ser homossexual. O jovem foi agredido fisicamente, além de ter passado...

Vaquinha para motoboy humilhado bate mais de R$100 mil em menos de 24h

Todo mundo acordou ontem precisando engolir a seco a história do Matheus Pires, de Valinho (SP). Vivemos em um país onde ainda há muita indiferença...

Homem raspa cabelo da namorada com alopecia, depois o seu também e ela não aguenta a emoção

Quando a gente escuta que amar não tem limites, a gente fala de gestos como o de Damien! Ele namora Eva Barilaro e, recentemente, os...

Holanda bate recorde e é o primeiro país sem nenhum cão de rua abandonado

O governo holandês deu uma notícia inspiradora para todo o mundo. O país é o único a não ter cães de rua abandonados. Isso é...

Instagram

Empresa transforma lixo retirado do mar em baldes, vasilhas e até vassouras 13