Empresa faz tênis reciclado a partir de chicletes mascados

Alguns dados realmente nos chocam, como por exemplo este, de que todos os anos mais de 1,4 milhões de quilos de chicletes são recolhidos das ruas de Amsterdã, o que custa milhões de dólares para a prefeitura, tornando-se um problema sério. Se pensarmos que, em média, cada chiclete leva 5 anos para se decompor na natureza, os chicletes jogados nas ruas do mundo inteiro, são um problema ambiental sério.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Tentando encontrar uma solução para esta questão, o governo de Amsterdã se juntou à empresa de calçados Gumdrop e o designer de calçados Explicit Wear e juntos desenvolveram um tênis feito a partir de chiclete reciclado. A sola do tênis é feita de Gum-Tec, um composto criado pelas empresas a partir da reciclagem da goma de mascar e a cada 1 kg de chicletes, 4 tênis podem ser produzidos.

“Descobrimos que o chiclete é feito de uma borracha sintética e, ao quebrar as moléculas, conseguimos criar um novo tipo de borracha”, disse Anna Bullus, diretora da Gumdrop, ao portal The Verge.

Relacionado: Adidas já vendeu 1 milhão de tênis feitos com plástico retirado dos oceanos

O calçado passará a ser comercializado a partir de junho, na Europa e custará 190 euros, algo em torno de 800 reais. Por enquanto ele será fabricado em apenas 2 cores: rosa e preto com vermelho. Agora é torcer para que este projeto incrível seja apenas o começo e, que daqui para frente, mais e mais empresas passam a fazer o mesmo, transformando um problema, em solução, com muita criatividade. Olha só como ele é bonito:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Empresa faz tênis reciclado a partir de chicletes mascados 2

Com informações de Estadão

Foto: Divulgação/Gumdrop

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,836,848SeguidoresSeguir
24,779SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Torcedores do Bahia pretendem lançar camisa do clube com cores LGBT

Uma iniciativa da torcida “LGBTricolor” irá produzir e vender uma camisa do Bahia com as cores da bandeira LGBT aos adeptos do clube ainda em 2019.

Estudantes consertam lâmpadas para doar a famílias carentes no AP

Estudantes de engenharia elétrica da Universidade Federal do Amapá (Unifap) decidiu se unir para ajudar famílias carentes de Macapá e, de quebra, o meio ambiente. Quando...

Veja clássicos álbuns da música parodiados por gatos

O artista gráfico Alfra Martini tem muitas paixões na vida, dentre elas: música e gatos. Então ele resolveu unir essas duas paixões, transformando capas...

Faxineira brasileira fará palestra para doutores em universidade de Nova York

A faxineira Alline Parreira vai narrar sua história de vida em primeira pessoa para um colegiado de doutores na Universidade da Cidade de Nova York.

Analfabeto sonha construir biblioteca para diminuir analfabetismo no interior da Bahia

Sua proposta é ajudar as crianças e adultos nos estudos, diminuindo o analfabetismo e evasão escolar em comunidade baiana.

Instagram

Empresa faz tênis reciclado a partir de chicletes mascados 4