Empresa transforma plástico descartado em moradias

Você sabia que só com o plástico descartado todos os anos é possível dar quatro voltas na Terra?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Já nos aterros sanitários, apenas 5% hoje são reutilizados ou reciclados, sendo que o restante pode levar até 1.000 anos para se decompor.

E, infelizmente, os oceanos são poluídos com 10-20 milhões de toneladas de plástico todos os anos.

Entre os piores exemplos nesses números está o México, o 12ª maior consumidor de plásticos no mundo, com mais de 5 milhões de toneladas por ano.

Nascido no estado de Puebla, Carlos Daniel González lembra a prevalência desta poluição e seus danos à sua comunidade. “Quando criança, eu lembro de ter visto todo o plástico e a contaminação que causou, para nós e para os animais”, disse González em entrevista ao site Unreasonable. “Eu sempre me preocupava com o meio ambiente, então eu decidi que tinha de criar e liderar uma solução.”

Em 2013, ele fundou a EcoDomum para construir casas duráveis, a preços acessíveis, utilizando plástico reciclado. Além disso, González decidiu empregar sua solução ambiental para resolver outro problema sério em seu país, a situação de quem vive em extrema pobreza.

O Banco Mundial define a pobreza extrema como “viver no limite da subsistência com um consumo médio diário de US$ 1,25 ou menos.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No México, 11,5 milhões de pessoas, quase 10% de toda a população, vive em situação de extrema pobreza. Puebla, onde a EcoDomum está sediada, é um dos estados mais pobres do México, com 64% da população vivendo na pobreza. De acordo com González, isso significa que muitas vezes as pessoas em seu bairro não têm as necessidades básicas de alimentação e habitação atendidas.

“Eu moro em um lugar com muita pobreza e problemas de marginalização”, disse González. “Algumas pessoas vivem em condições verdadeiramente deploráveis, lugares que você não pode chamar de casa. Minha visão é muito clara. Tenho a convicção de ajudar o máximo de pessoas que der a ter uma vida digna, livrando-se da pobreza extrema e limpando meu país ao mesmo tempo.”

A EcoDomum faz isso através do recolhimento de plástico, derretendo-o e moldando-o em grandes painéis, usados como as paredes e telhados para construir casas.

De acordo com González, o processo é relativamente simples. Primeiro, a empresa recolhe todos os tipos de plástico, de garrafas de refrigerante até brinquedos, e os separa para encontrar os tipos que derretem sem emitir gases nocivos.

Em seguida, colocaram o plástico em uma máquina para cortá-lo. Depois, as peças são colocadas num forno que as aquece a 350 graus Celsius por cerca de 30 minutos. Finalmente, o líquido passa por uma prensa hidráulica, que simultaneamente comprime e cristaliza o plástico para formar os painéis.

Cada painel tem quase oito metros de comprimento, quatro de largura e cerca de uma polegada de espessura. As casas contêm dois quartos e um banheiro, uma sala de estar e uma cozinha.

A construção de uma casa requer 80 painéis e em sua capacidade atual, a planta da EcoDomum produz 120 painéis por dia.

“Leva apenas sete dias para construir uma casa que utiliza duas toneladas de plástico”, disse González. Além disso, as propriedades duráveis, impermeáveis e acessíveis do plástico lhe deram uma vantagem competitiva ao longo de décadas. “[A casa] conserva o calor e os custos são baixos, isso é ótimo para o meio ambiente, e ela vai durar 100 anos sem cair aos pedaços. E estas são apenas algumas das nossas propostas”.

Além de ajudar o meio ambiente e a habitação daqueles em necessidade, a EcoDomum também estimula a economia local, pagando catadores uma taxa mais elevada para o seu trabalho. Ele quase dobrou o salário de vários coletores de lixo.

“Isto tem o potencial para crescer exponencialmente”, disse González. “O problema do lixo é enorme no meu país. No mundo todo, há toneladas de lixo. No próximo ano, quero fazer a empresa crescer dez vezes. Em primeiro lugar, vamos nos concentrar no México, mas em 3-5 anos, queremos ir para outros países. O mundo é uma casa para todos, e vale a pena a lutar para expandir este negócio. Vou dedicar o resto da minha vida a isso.”

Eco Domum from Carlos Daniel on Vimeo.

casa00

CZme7_XWkAEd_9I

ec1

Eco-Domum-plastic-wall-panels-889x566

EcoDomum1-1400x500

ecohouse

Unknown

Fonte: Unreasonable

Relacionados

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

985,324FãsCurtir
1,735,582SeguidoresSeguir
8,546SeguidoresSeguir
11,100InscritosInscrever

+ Lidas

Bióloga que salvou Arara Azul da extinção vira personagem da Turma da Mônica

Na última terça-feira (11), foi celebrado o Dia Internacional das Meninas e Mulheres na Ciência. Para comemorar a data, a Mauricio de Sousa Produções...

Juiz vai até a casa de idosa para lhe conceder aposentadoria

Um  caso incomum aconteceu há alguns meses, onde um juiz foi até a casa de uma senhora de 100 anos para conceder aposentadoria a ela. O...

Ortobom doa 500 colchões para vítimas de chuva em Raposos (MG)

A Região Metropolitana de Belo Horizonte foi a mais afetada pelas fortes chuvas que caíram em Minas Gerais nas últimas semanas. Um exemplo é...

USP retira coágulo de artéria no cérebro e devolve movimentos a vítimas de AVC

Cientistas adjuntos da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo em Ribeirão Preto desenvolveram uma técnica eficaz na redução de quase a totalidade...

Neto faz “antes e depois” e homenageia avó em seu aniversário de 99 anos

A homenagem de um neto para sua avó no dia do seu aniversário de 99 anos comoveu as redes sociais nesta quinta-feira (13). Iury Neto,...

Instagram