Empresária responde à altura cliente que reclamou de funcionário autista

A proprietária de uma pizzaria respondeu à altura o pedido de um cliente para colocar uma placa para “alertar” a freguesia que o local tinha um funcionário autista.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Indignada, mas sem perder a compostura, ela “atendeu o pedido” colocando uma placa na frente do restaurante, com os dizeres: “Estamos orgulhosos de ser um empregador que oferece oportunidades iguais e contrata todos os filhos de Deus”.

Amanda Cartagine é dona de uma franquia da Pizza Inn em Greenville, Carolina do Sul (EUA). Dos seus 16 funcionários, 10 tem algum tipo de deficiência física ou transtorno mental.

Empresária responde cliente preconceituoso reclamou funcionário autista

“Eles são como meus filhos, e [esse episódio de discriminação] me deixou com raiva”, disse Amanda ao WYFF. “Eu queria fazer algo que não fosse rude, mas expondo meu ponto de vista.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O IADHEC precisa de você para continuar sua missão de ajudar pessoas com deficiência. Clique aqui e contribua.

A empresária afirma que sua equipe tem uma ética de trabalho “sem igual” e sempre atende os clientes com um sorriso no rosto. “Se você tem paciência para permitir que eles tomem seu tempo e aprendam a seu ritmo, eles são imbatíveis”, destacou.

Empresária responde cliente preconceituoso reclamou funcionário autista

Episódio de preconceito

Era outono de 2018, e durante a tarde, um cliente pediu a um funcionário, que é autista, que o ajudasse a reabastecer a tigela de alface. Por alguma razão, ele não ficou satisfeito com o tempo de resposta do rapaz e foi reclamar com Amanda.

Meu gerente explicou-lhe a situação em particular: ‘Esse não é o trabalho
[do rapaz]. Nós o treinamos para fazer outra coisa, em outras circunstâncias’, e o cliente ainda não estava feliz”, lembra a empresária. Basicamente, o funcionário estava fazendo um favor ao cliente mal agradecido.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Empresária responde cliente preconceituoso reclamou funcionário autista

“Se ele não ficou satisfeito com isso, então eu estou satisfeita com o não retorno dele”, complementou. “Esse é o dólar que eu não preciso.”

Angie Mosley, mãe de um dos funcionários da franquia de Amanda, comentou: “Nós, mães de filhos com necessidades especiais, sempre enfrentamos barreiras, estigmas; [ensinamos todos os dias] para as outras pessoas que nossos filhos são mais parecidos com eles do que diferentes”. O filho dela tem síndrome de Down.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Amanda acredita que sua mensagem contribui de alguma maneira para que as pessoas entendam a necessidade de inclusão e aceitação das pessoas ditas “diferentes”.

[Nota da Redação]

A cada bebê que traz ao mundo, o médico Calixto Hueb presenteia a mãe com uma arvorezinha para que a criança cresça com ela. É um primeiro presente à família do recém-nascido e também uma contribuição valiosa do médico para a preservação do meio ambiente. Vem conhecer mais essa história, dá play no vídeo abaixo:

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: Epoch Times/Fotos: Reprodução/Facebook Amanda Skelton Cartagine

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,261,441SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Cão emociona-se ao ver o dono seis meses depois

Já mostramos aqui no RPA alguns vídeos de cães mostrando reações de muita alegria quando reencontram seus donos depois de algum tempo. Esse é...

Em momento de desespero, enfermeira inventa “técnica da mãozinha” e conforta paciente com Covid-19

"Pensa que você está segurando na mão de Deus". Foi com essas palavras que a enfermeira Lidiane Melo, de 37 anos, pediu para uma...

Cuba começa a distribuir pílula para prevenir a disseminação do HIV

Mundialmente reconhecida por investir grande parte de suas riquezas em saúde pública, garantindo-lhe índices de mortalidade infantil inferiores até mesmo dos países desenvolvidos, Cuba...

Terapia pioneira que usa prótons consegue ‘apagar’ tumor cerebral de menina de 7 anos

"Máquina de lavar roupa", "nave espacial": esses são alguns apelidos que a Unidade de Terapia de Prótons (UTP) da Clínica Universitária de Navarra, na...

Idosa perde seu cachorro e sua casa em incêndio. Internautas se mobilizam para ajudar

Dona Maria tem 69 anos, teve sua casa totalmente destruída no dia 13/11. O fogo iniciou em frente à sua casa, quando ela havia...

Instagram