Empresária do DF é uma das finalistas de prêmio da ONU para mulheres empreendedoras

Agda Oliver tem uma oficina mecânica em Ceilândia (DF) e foi escolhida como uma das dez finalistas da 7ª edição do Empretec Women in Business Awards, um prêmio da ONU que reconhece o trabalho de mulheres empreendedoras!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Agda Oliver em sua oficina mecânica em Ceilândia
Agda é Mineira e mudou para o DF em 2000. | Reprodução: Google

Estou em êxtase e muito emocionada por estar entre as finalistas. Sei que o fato de estar lá já é bastante positivo, mas eu quero ganhar. Quero muito trazer essa premiação internacional para o Brasil”, conta Agda.

Além de ser mais que merecido, a presença de Agda no concurso também vem com um gostinho a mais. Nas edições anteriores do prêmio, o Brasil não conseguiu classificar nenhum projeto!

Leia também: Instituto RME e Google lançam programa de capacitação e incentivo a mulheres empreendedoras

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Meu Mecânico

A ideia do negócio de Agda surgiu após ela ser enganada por uma oficina mecânica na cidade.

Ela começou a estudar mais sobre mecânica, peças de carro, conserto e manutenção. Em pouco tempo estava completamente atraída pelo mercado automotivo e resolveu montar o seu próprio negócio no setor.

Agda Oliver e sua funcionária na mecânica em Ceilândia
Agda começou a estudar mecânica após ser enganada em uma oficina. | Reprodução: Google

Depois de alguns cursos sobre empreendimento feitos no Sebrae do DF, Agda então abriu a “Meu Mecânico”.

Apesar de atender a todos os tipos de pessoa, Agda confirma que a maioria do seu público é mulher. Cerca de 70% dos carros que chegam até a Meu Mecânico são de mulheres, que quase sempre se queixam de também terem sido enganadas em outras oficinas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Agda Oliver em frente a sua oficina "Meu Mecânico"
Reprodução: Google

Hoje Agda conta com cerca de 300 clientes fidelizados e conseguiu atingir pessoas de outras cidades do estado de Goiás.

O prêmio

O Empretec é uma metodologia para empreendedores, chancelada pela ONU e desenvolvida pelo Sebrae.

Agda Oliver analisando o motor do carro
Reprodução: Google

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A intenção é facilitar o acesso de pequenos empresários e empreendedores ao reconhecimento de novas oportunidades de negócio. Isso é feito através de atividades e cursos que variam de acordo com a área explorada.

O Empretec Women in Business Awards acontece a cada dois anos em diferentes países.Esse ano a cerimônia deve acontece em dezembro, em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos. Além do Brasil, outros nove países estarão representados no evento.

O nome de Agda foi escolhido em uma lista de 40 empreendedoras de todo o Brasil.

Parabéns Agda! Histórias como a sua sempre nos enchem de orgulho!

Veja também:

 

FONTE: Brasília Empresas 

 

 

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,425,269SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Conheça o Chefs Especiais, primeiro café comandado por pessoas com Síndrome de Down do país

Ao som de Come as You Are, um clássico do Nirvana, adentrei no Chefs Especiais, o novo café da Rua Augusta, em São Paulo....

Dispositivo de baixo custo gera energia a partir da urina

O sistema é inusitado, mas promete fazer um bem danado para o meio ambiente, gerando energia limpa. É isso mesmo, a tecnologia desenvolvida por...

Você já ouviu falar em educação humanitária?

A Educação Humanitária complementa a educação formal oferecida pelas escolas. É uma metodologia que ensina crianças e jovens a serem pensadores críticos e criativos, inspirando...

Idoso que vivia em condições desumanas é ‘adotado’ por vizinhas e ganha reforma da casa com vaquinha

Seu Roberto reformou sua casa com ajuda da vaquinha. Confira o resultado!

Desempregada pede ajuda a ex-patrão e ele doa R$ 20 mil para levar comida a 170 famílias

Uma história para deixar o nosso coração quentinho. Uma mulher perdeu o emprego por causa da pandemia de coronavírus. Ela decidiu procurar seu antigo...

Instagram