Empresário desenvolve reator portátil capaz de transformar plástico em óleo

“Quando eu era criança, adorava brincar na natureza. Eu não ligava para o meio ambiente, mas depois que tive meus filhos, e vi que os lugares em que eu brincava desapareceram, decidi fazer algo sobre isso.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Assim, Akinori Ito, CEO da empresa Blest, explica de onde veio a inspiração para desenvolver um reator “portátil” capaz de transformar plástico em um óleo possível de ser usado em casas, fornos, aquecedores e até refinado em gasolina, querosene ou diesel. O processo consiste em aquecer o plástico até que derreta e depois “evapore” e esfriar este gás resultante, obtendo assim o óleo. Segundo Akinori, um quilo de plástico pode gerar até um litro de óleo, e sua queima emitiria 80% menos CO2 do que a queima do plástico em si.

A solução é muito interessante quando contextualizamos os problemas locais de Akinori, no Japão, assim como nas grandes metrópoles, há um grave problema de destinação dos resíduos sólidos (lembra quando falamos que não existe lixo?) devido à alta densidade demográfica, ou seja, o reator pode ajudar a reduzir consideravelmente a quantidade de resíduos gerada. O país também importa grande parte de seu combustível, que acaba viajando grandes distâncias, impacto que poderia ser drasticamente reduzido, se aproveitando a quantidade abundante de plástico disponível. Akinori também trabalha levando esta tecnologia e as possibilidades de seu uso a lugares mais remotos e carentes, como países Africanos. A transformação de plástico em óleo, também está começando a ganhar espaço nos Estados Unidos, por empresas que aproveitam plásticos que não seriam reciclados para também gerar subprodutos de petróleo.

Pouco acima eu disse que “a solução é muito interessante quando contextualizamos os problemas locais…” pois bem, é verdade que para casos ou locais específicos é uma tecnologia válida e de grande ajuda, mas não podemos esquecer que ela ainda é à base de uma matéria-prima não renovável e muito poluente, o petróleo. Mesmo não sendo a solução ideal em si, estas novas tecnologias e “pequenas” melhorias, são parte da solução como um todo e faz parecer que estamos entrando em uma nova era, cada vez mais empresas e tecnologias visando um mundo melhor estão aparecendo, cada qual com uma inspiração diferente. E você, qual a sua inspiração para fazer uma diferença? Comente! 😀

[youtube_sc url=”https://www.youtube.com/watch?v=qGGabrorRS8″]

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

mix01 ScreenShot057 ScreenShot061 ScreenShot064 ScreenShot066

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,429,587SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Médico negro atende mulher negra e reafirma a importância da representatividade

"Obrigado por me dar a honra de presenciar esse momento da sua vida, Dona Eunice."

Ação estimula a adoção de cães abandonados

É muito fácil adotar um cãozinho abandonado. Você nem precisa nem entrar na fila de adoção de algum abrigo. É isso o que uma...

Série de fotos mágicas misturam dança e água

Mallory Morrison é um fotógrafo de Los Angeles, Califórnia. O artista começou como fotógrafo de dança e depois começou a evoluir seu estilo para imagens subaquáticas. O trabalho...

Empório oferece caixas de leite para famílias carentes em GO: ‘Só pegar e levar’

"Conhece uma família que não tem condições de comprar um litro de leite? Leve 1 litro para essa família!", diz uma mensagem pregada na...

Covid-19: Alemanha adapta unidades de saúde móveis para Brasil com investimento de R$ 31 milhões

Em um bonito gesto de solidariedade diante da falta de leitos e UTIs no seu limite de ocupação no Brasil, a Alemanha, através do...

Instagram