Após tratamento privado, empresário doa 35 milhões para Hospital das Clínicas

O empresário José Roberto Lamacchia, proprietário da empresa de crédito e financiamento Crefisa, fez uma doação milionária para o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, depois de se curar de um linfoma, no Hospital Sírio Libanês.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele ficou sabendo das condições precárias do hospital público através do hematologista Vanderson Rocha – coordenador da área de transplantes do Sírio Libanês – e decidiu fazer algo a respeito.

Leia também: Cachorros dormem fora de hospital por semanas para visitar paciente

A esposa do empresário, Leila Pereira, foi conhecer as instalações do hospital pessoalmente e ficou chocada com o que viu. Em entrevista ao Estadão, ela disse que era um absurdo seu marido “ser tratado de modo tão impecável no Sírio e o HC daquele jeito. Falei para ele que precisava ajudar”.

empresário doa 35 milhões hospital das clínicas

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

E não foi qualquer doação, não, mas um montante de 35 milhões de reais para a reforma de duas áreas do hospital. Uma delas foi a enfermaria do setor de hematologia, que ganhou um sistema de automação, com filtragem de água e do ar, móveis e até banheiros, além de uma câmara onde os profissionais farão a higienização correta antes de entrar no lugar.

“Antes de entrar no quarto eles passam por uma antecâmara com um sensor que mede o tempo em que o médico lava as mãos. A porta nem abre se lavar por menos de um minuto”, explica o hematologista Vanderson Rocha.

empresário doa 35 milhões hospital das clínicas

A segunda reforma, a pedido do urologista William Nahas, que também atendeu Lamacchia no Sírio Libanês, foi do setor de transplantes de rim do Hospital das Clínicas. A enfermaria do setor, que tinha 20 leitos, passou a ter 24, distribuídos em 12 quartos climatizados e com banheiros. Segundo Nahas, a enfermaria ficou mais humanizada, com “a cara de um quarto de hospital”.

empresário doa 35 milhões hospital das clínicas
Leila Pereira, segunda da esquerda para a direita, com a equipe do hospital

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os dois projetos incentivaram outros departamentos do HC a buscarem recursos de doações. Como o centro de engenharia e arquitetura, que coordenou os projetos financiados pelos empresários. Eles pretendem usar a experiência adquirida para desenvolver novos estudos e fazer novos projetos.

crédito das fotos: Agnaldo Dias Correia/Núcleo de Comunicação Institucional do HCFMUSP

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,572,055SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Padre ‘adota’ bebê com síndrome de Down abandonado pelos pais

O padre recebeu o bebê nos braços no dia do seu aniversário de 51 anos.

Conheça o Code of Conscience, tecnologia que pode frear o desmatamento ilegal na Amazônia

Um software gratuito e de código aberto pode se transformar em uma ferramenta importante na luta contra o desmatamento ilegal na Amazônia.

Miss cria projeto para instalar bebedouros e comedouros para animais de rua (GO)

Comovida com a situação dos animais que vivem nas ruas de Anincus (GO), Lorena Souza abraçou a causa animal e lançou o projeto com apoio de comerciantes e protetores da cidade.

Menino se veste de super-herói para cuidar e alimentar gatos de rua

Mas essas crianças são um caso muito sério de generosidade e empatia! Shon Griffin tem apenas cinco anos e mostra que fazer caridade não depende...

Médico dá comida e um ‘tapa no visual’ de sem-teto faminto

O homem não tinha problemas de saúde, mas fome.

Instagram