Empresário usa horário de almoço para dar aulas de leitura para moradora de rua

Você trocaria seu horário de almoço para ensinar um morador de rua a ler? O americano Greg Smith, que mora em Orlando, na Flórida, sim! Ele aproveita o intervalo no trabalho para ensinar a moradora de rua Amy Joe a ler.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O empresário ficou sensibilizado com sua história e resolveu ajudá-la. Ele soube que a moradora usava o dinheiro que recebia para comprar livros ao invés de comida. Desde então, ele ajuda Amy Joe a ler no seu horário de almoço.

“[Isso] me destruiu! Ela prefere ler para talvez arrumar um emprego do que comer!”, explicou Smith.

“Fui abençoado com pais incríveis e com uma família que sempre teve recursos para me prover tudo o que eu quis fazer. Não foi assim com Amy Joe.”

As aulas acontecem desde o mês de abril, todas às terças-feiras. O empresário lê junto com Amy Joe um livro emprestado da biblioteca. A moradora estuda por conta própria nos outros dias da semana.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Em meia ou uma hora, vejo como ela é uma pessoa positiva, mesmo que não tenha nada”, conta Smith. Mas, o empresário fez mais por Amy Joe: ele a levou para cortar os cabelos e comprar roupas novas.

Vendo que outras pessoas também precisam de ajuda, Smith criou uma página no GoFundMe para criar uma fundação que pudesse fazer esse trabalho, a “Amy Joe Foundation”.

“Quero poder ajudar todas as pessoas, seja doando comida ou roupas”, disse Smith em entrevista à “ABC News”. Ele procurou um advogado para estruturar a entidade e criou um slogan para a fundação: “Uma pessoa por vez”.

Com informações do Uol

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,562,901SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Flamenguista que rifou ingresso para salvar cachorro ganha nova chance de assistir ao jogo

Doze já iniciou suas sessões de quimioterapia e Danilo avisa que todo o valor extra não utilizado para o tratamento que sua vaquinha arrecadar será doado para instituições de apoio aos animais.

Cãozinho é reprovado em treinamentos da polícia por ser ‘dócil demais’

E essa carinha de: "Alguém brinca comigo, por favor!"?

Vila de minicasas vai abrigar mulheres sem-teto nos EUA

Uma pequena vila formada por 15 minicasas será o lar de mulheres em situação de rua.

Bailarino de 10 anos vende canetas para ir à competição na Flórida

O pequeno bailarino tem passado noites produzindo canetas em formato de flores e laço de cabelo para pagar a viagem

Instagram