Enfermeira cria ‘potes de remédios’ para orientar pacientes idosos

A enfermeira Ana Flávia Carvalho, de Contagem, Minas Gerais, desenvolveu um método simples e eficaz para ajudar pacientes idosos a organizarem os remédios que devem tomar pela manhã e à noite.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Muitos velhinhos são semianalfabetos ou têm problemas de visão que dificultam a leitura das receitas. Então, é relativamente comum eles confundirem os horários de cada medicamento, correndo riscos de agravar seu quadro clínico.

Foi pensando nisso que a enfermeira teve a ideia de criar ‘potes de remédios’ feitos de garrafas pet e pintados à mão. O pote dos remédios da manhã é decorado com um sol e o da noite, com uma lua – bastante intuitivos, né? 😉

“Acho que eles não sabiam que tinham essa necessidade. O que acontecia é que muitos deles iam ao posto com a pressão alterada, por fazer fazer confusão na hora da medicação”, disse Ana Flávia em conversa com o Razões para Acreditar.

“Então, senti que precisava encontrar uma maneira de organizar os horários. Fiz isso na época da faculdade, para uma paciente durante um estágio”, acrescentou.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

enfermeira potes remédio pacientes idosos

Leia também: Aplicativo gratuito ajuda a encontrar melhores preços de medicamentos

Ana Flávia escreveu em um post no Facebook que o primeiro pote, para uma paciente do posto de saúde onde trabalha, não ficou do jeito que ela desejava. A enfermeira precisou de uma ajudinha de sua mãe, que tem talento para o artesanato.

Dona Conceição, 63 anos, não parou mais de produzir potes de remédios semelhantes desde então. “É muito bom para a minha mãe ocupar a cabeça. Ela faz algo que gosta para ajudar o próximo“, contou a enfermeira.

enfermeira potes remédio pacientes idosos

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Em quatro meses, Conceição fez 400 potes, que beneficiaram cerca de 200 pacientes de três cidades mineiras (Contagem, Belo Horizonte e Ponte Nova, cidade onde mora) e até de Brasília.

“Os potes são feitos com materiais recicláveis e pintados à mão um a um, para diferenciar os do dia para os da noite, minha mãe usa adesivos, fitas, desenhos, e objetos que possam ser também sentidos através do tato”, explica Ana Flávia.

enfermeira potes remédio pacientes idosos

Os potes são entregues aos idosos sem nenhum custo, de forma totalmente gratuita. Veja o post da enfermeira na íntegra:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Tudo começou por acaso, sou enfermeira da Prefeitura Municipal de Contagem e sempre fui apaixonada pelo meu trabalho. Há alguns meses me transferi para um posto de saúde, e com a convivência, pude observar que muitos dos meus pacientes não melhoravam por falta de compreensão na hora de tomar os seus medicamentos. Essa orientação não necessariamente vem da equipe de saúde que os acompanha, muitos são semi/analfabetos, possuem dificuldades visuais ou de interpretação e esses problemas afetam diretamente nos tratamentos. O primeiro pote de medicamentos para diferencia los foi feito por mim, e não ficou muito bonito(não possuo talento para artesanato). 😂 Foi aí que minha mãe entrou nessa história, o que começou com a ajuda para um paciente, se tornou um projeto de vida. Em 4 meses foram feitos uma média de 400 potes, 200 pacientes beneficiados em 4 cidades, Contagem, BH, Ponte Nova e Brasília. Uma parceria com alunos do curso de Farmácia também empolgou ainda mais a iniciativa dela. Os potes são feitos com materiais recicláveis e pintados à mão um a um, para diferenciar os do dia para os da noite, minha mãe usa adesivos, fitas, desenhos, e objetos que possam ser também sentidos através do tato. Os potes são entregues de forma totalmente gratuita. Bom, esse texto não é para solicitar nada, apenas para compartilhar uma história inspiradora, que mostra como podemos fazer a diferença na vida do outro quando olhamos com mais empatia ao nosso redor. Minha mãe é meu grande orgulho, além de mudar a vida de alguns dos meus pacientes, tem feito a diferença na vida de muitas pessoas, inclusive na dela.”

crédito das fotos: Facebook/Divulgação

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,638,607SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Caminhões de lixo para reciclagem são revestidos por obras de arte de artistas locais

Recentemente na cidade de Houston, Texas (EUA) podem ser notados nas ruas alguns caminhões de coleta seletiva para reciclagem que não se parecem nada...

Este Pit Bull não para de sorrir desde o dia em que foi adotado

Nenhuma raça de cachorro divide tanto a opinião de especialistas e donos como os Pit Bulls. Algumas pessoas gostam enquanto outras consideram a raça...

Com humanos em casa, animais selvagens estão ocupando ruas de cidades do mundo todo

As medidas de quarentena e distanciamento social reduziram o trânsito de mais de 3 bilhões de pessoas em cidades de todo o planeta. De forma...

Em menos de 12 horas, vaquinha arrecada R$ 86 mil para professora que mora em aeroporto

Mais uma vez, VOCÊS TÊM SIDO INCRÍVEIS! Em menos de 12 horas, a vaquinha para a professora Oceya de Souza, 55 anos, que mora...

Após veto do Uber a bairros de SP, moradores da periferia criam a Ubra

"A demanda está muito grande e a gente já está perdendo corrida"

Instagram