Em momento de desespero, enfermeira inventa “técnica da mãozinha” e conforta paciente com Covid-19

“Pensa que você está segurando na mão de Deus”. Foi com essas palavras que a enfermeira Lidiane Melo, de 37 anos, pediu para uma paciente com Covid-19 se agarrar a duas luvas cirúrgicas preenchidas com água morna para confortá-la em um momento de desespero.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Lidiane, que trabalha em um hospital na ilha do Governador (RJ), tentou de tudo, até mesmo molhar a mão da paciente com água morna para medir a saturação. Mas havia o risco de contaminação. Pensou mais um pouco e foi quando teve a ideia simples e que fez uma grande diferença. Deu certo!

Em três minutos, a entrega de sangue nos tecidos do corpo melhorou e Lidiane pôde medir a saturação do oxigênio. A história aconteceu no ano passado, mas só viralizou agora. A enfermeira achou a foto no celular e resolveu postá-la em suas redes sociais.

paciente covid-19 segura luvas cirúrgicas preenchidas água morna
“Técnica da mãozinha” tranquilizou paciente e enfermeira pôde medir a saturação de oxigênio. Foto: arquivo pessoal

“Ela não deixava a gente sedá-la, só dizia que a gente não poderia deixá-la morrer, que tinha duas filhas e duas netas, que cuidava da família. Depois de uma conversa, ela pediu para eu segurar a mão dela. Disse que não podia, que tinha outros pacientes para atender, mas que ia fazer uma coisa”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Fiz a mãozinha, ela se acalmou, disse que parecia que eu estava segurando a mão dela e eu disse que não era a minha, que era para ela pensar que era a mão de Deus, que ia ajudá-la a sair dali”, lembra Lidiane.

selfie enfermeira sorrindo hospital
A criativa e generosa enfermeira Lidiane. Foto: arquivo pessoal

Felizmente, a paciente se curou e recebeu alta. E se deu certo uma vez, daria certo em outras tentativas. Dito e feito! Lidiane já aplicou a “técnica da mãozinha” ou “mão de Deus” em outros pacientes, desde então.

“O dia que não for para me sensibilizar ou chorar com a dor do outro, paro de trabalhar na hora”, concluiu.

Mais histórias de emoção? Temos! Dá o play e conheça a jornada do ex-Masterchef Brasil, Juneo 👇

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,857,801SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Amigas vestem a mesma roupa e provam na prática que beleza não tem padrões

Duas amigas com corpos e aparências completamente distintos estão fazendo o maior sucesso no TikTok usando a mesma roupa para provarem que a beleza...

Projeto leva aulas de robótica e programação a alunos de escola pública na periferia de SP

Quando a gente pensa em aulas de robótica e programação, a associação com colégios particulares é quase imediata. De fato, não é uma impressão...

Casal faz ensaio pré-casamento no colégio onde sua história de amor começou

Jeane Passos e Fernando Borges se conheceram quando eram estudantes do ensino médio do Colégio Thales de Azevedo, em Salvador. Na época, Jeane tinha...

Mulheres transformam guarda-chuvas em abrigos impermeáveis para pessoas em situação de rua de SP

Cientes de que a população em situação de rua de Petrópolis (RJ) nunca esteve mais vulnerável em meio a esse rigoroso inverno, um grupo...

Em 1987, Hebe Camargo fala sobre homossexualidade com uma clareza incrível

Ontem o candidato à Presidência Levy Fideliz deu uma resposta à pergunta de Luciana Genro, sobre o casamento homossexual, sua resposta foi tão absurda...

Instagram