Em lindo gesto, enfermeiro abraça paciente com Down para dar oxigênio no AM

O enfermeiro Raimundo Nogueira Matos abraçou um paciente com síndrome de Down para dar oxigênio em um hospital de campanha em Caapiranga, no interior do Amazonas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Enfermeiro acalmou paciente desesperado com carinho

Sem saber bem o que estava acontecendo, o paciente Émerson Junior, 30 anos, não queria usar a máscara com oxigênio e ficou bastante apreensivo. 

Calmamente, o enfermeiro se aproximou para ganhar sua confiança, os dois se abraçaram e Raymundo conseguiu realizar o procedimento. 

“Como o paciente é especial, ele não entende a importância do tratamento. No caso, a gente precisava ofertar a oxigenoterapia pra ele com a máscara, com aquele reservatório; e ele estava muito ansioso”, disse o profissional da saúde. 

enfermeiro abraça paciente coronavírus dar máscara oxigênio
Emerson correu risco de contaminação. Foto: Mirene Borges da Silva

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Apoie a campanha ‘SOS MANAUS” e ajude a salvar a vida de pacientes com Covid-19. Faça sua doação agora!

Profissional correu risco de contaminação

Raimundo é enfermeiro há 8 anos, mas nunca passou por nada parecido. Ele correu risco de contaminação pelo novo coronavírus e por isso mesmo o abraço em Émerson comoveu pacientes e colegas do hospital. 

“Enfermeiros visam muito a biossegurança. Para mim, é importantíssimo fazer os usos dos EPIs [equipamentos de proteção individual] corretamente. Eu sei o risco que às vezes posso correr. Mas como ele é um paciente especial, precisava de muito carinho”, destaca.

A foto de Raymundo e Émerson abraços foi tirada por uma paciente chamada Mirene Bordes da Silva, que também estava com Covid-19. 

“Ele estava tão debilitado, sofrendo naquela hora de agonia. Por falta de ar, ele precisava do procedimento. Mas ele estava de sonda e doía o nariz dele”, conta. 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Apoie a campanha ‘SOS MANAUS” e ajude a salvar a vida de pacientes com Covid-19. Faça sua doação agora!

Foto: Mirene Borges da Silva

Paciente foi internado outras vezes

Quem acompanha Emerson no hospital é a irmã Eliane Ferreira Loureiro. Emerson já foi internado outras vezes, mas essa é a sua primeira em estado grave. Ela também diz que o irmão é uma pessoa amorosa e está muito fragilizado com a situação que vive.

“Ele está sempre precisando de atenção, quer sempre alguém tocando na mão, fazendo carinho”, conclui.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Parabéns ao enfermeiro Raimundo pela atitude que excedeu suas obrigações (e cuidados!) e uma boa recuperação ao Émerson!

Entre o mundo do tráfico e fazer o que sabe de melhor, o tatuador Evandro decidiu mudar de vida: trocou derrotas por vitórias. Confira!

Fonte: UOL

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,413,626SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Médico se veste como mendigo para cuidar da saúde de moradores de rua

O doutor Jim Withers, fundador da “medicina de rua”, elevou o nível de benevolência humana e carinho com o próximo. Há vinte anos, esse...

‘Mais do que futebol’: torcida surpreende homem que não pode ver jogos por causa de câncer

A torcida foi até a porta da sua casa, entoou o hino do clube e bateu palmas para o rapaz; assista!

800 cientistas brasileiros integram a lista dos mais influentes do mundo

Como a gente mede o impacto e a importância a ciência? Quando recebemos a notícia maravilhosa que 800 nomes de cientistas brasileiros estão presentes...

Ex-lutador de MMA quebra tabu e compartilha vídeo de seu casamento

O ex-lutador de MMA Jefferson “Tanque” Silva, acumula grandes vitórias em sua carreira, como ter sido o campeão do K-1 GP Brazil e ter...

Muro da Gentileza estimula o gesto de doar para pessoas que vivem em bairros pobres

A Pestalozzi de Campo Grande (MS) educa e atende uma média de 700 pessoas portadoras de necessidades especiais, físicas e psicológicas, oferecendo diversas atividades,...

Instagram