Após ser ajudado, enfermeiro que dormia em terraço doa comida a famílias e leva moradores de rua para almoçar

O técnico de enfermagem Ildo não para, gente! Eu sempre acreditei que quem precisa de ajuda é o primeiro a ajudar quem também precisa de ajuda. Ildo tá aí para provar que isso é real oficial!!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Bora lembrar o início dessa história. Ildo é técnico de enfermagem em Campina Grande (PB) e estava dormindo no terraço de casa para não correr o risco de infectar sua mãe com o coronavírus, já que está na linha de frente do combate ao vírus.

A história foi parar no Fantástico (TV Globo).

 

Ver essa foto no Instagram

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma publicação compartilhada por voaa – a vaquinha do razões (@voaa_vaquinhadorazoes) em

Comovidos com esse gesto de amor, criamos uma vaquinha na VOAA para reformar a casa onde ele mora com a mãe e as irmãs. E foi aquilo: em pouquíssimas horas, batemos a meta da vaquinha, alcançando mais de 270% do valor que propomos arrecadar.

Resolvemos aumentar a meta e sabe o que Ildo decidiu fazer? Repartir o pão. É isso mesmo!

O técnico de enfermagem está ajudando outras pessoas que passam por dificuldades com o dinheiro da vaquinha nesses tempos difíceis!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

É por isso que a vaquinha continua no ar, para multiplicar a ajuda que recebeu. Continue doando, clique aqui.

Onda de boas ações cresce a cada dia

Ildo já doou lençóis, comida, álcool em gel, luvas e produtos de limpeza para o abrigo de idosos onde fez seu primeiro estágio como técnico de enfermagem.

“Achei muito lindo dele ter lembrado de onde ele começou. A palavra é gratidão”, disse dona Rose, enfermeira mais antiga da instituição.

técnico enfermagem leva alimentos abrigo idosos
Ildo entregou as doações para o abrigo de idosos onde fez seu primeiro estágio pessoalmente. Foto: Arquivo pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele também ajudou catadores de material reciclável, vizinhos e um hospital filantrópico. Trem bão sô!

técnico de enfermagem doando alimentos hospital filantrópico
Mantimentos para o hospital filantrópico, ok! Foto: Arquivo pessoal

“Um dia saí do meu plantão e vi pessoas catando lixo e elas me disseram que não tinham o que comer. Fui no supermercado que tem na frente da minha unidade e comprei uma cesta básica. Quando voltei e entreguei, tinha muito mais gente precisando na rua. Fui lá e comprei pra todos”, disse Ildo.

técnico enfermagem doando cestas básicas família catadores recicláveis
Cesta básica para família de catadores, ok! Foto: Arquivo pessoal

Mais recentemente, Ildo doou alimentos para 14 famílias carentes que moram uma favela.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por voaa – a vaquinha do razões (@voaa_vaquinhadorazoes) em

Há poucos dias também, levou moradores em situação de rua para almoçar junto com ele em um restaurante popular. E, meu Deus, ainda comprou ração para gatinhos de rua. Gente, é muita bondade!

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por voaa – a vaquinha do razões (@voaa_vaquinhadorazoes) em

Vamos reformar a casa do Ildo e permitir que ele ajude mais pessoas?! Clique aqui e faça sua doação.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,839,477SeguidoresSeguir
24,799SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Menino cujo amigo teve leucemia deixa cabelo crescer para ajudar crianças com câncer

Desde novembro de 2018, Enzo, de 5 anos, tem deixado o cabelo crescer. O motivo não é estético, mas a solidariedade: ele quer doar os fios para crianças com câncer.

55 anos, 7 filhos e um sonho: gari aproveita a quarentena para se formar na faculdade

"Para quem sonha na vida, não lhes dê um motivo para fracassar". Com esta frase, a filipina Ofelia Mondaya nos ensina a jamais desistir...

Uma história para inspirar as pessoas a declararem seu amor publicamente

Há dois meses, o futuro noivo Renee Bertoletto me pediu para ajudá-lo no seu pedido de casamento, ele queria surpreender a namorada, Fernanda Moreira,...

Aposentada leva terapia do abraço à Cracolândia

Os passos curtos conduzem Maria Albertina França, 70 anos, pela rua Gusmões, um dos epicentros da zona paulistana conhecida como Cracolândia. O caminhar lento...

Casas de passarinho inteligentes avisam quando há focos de incêndio na floresta

Os componentes eletrônicos dentro das casinhas enviam um sinal por GPS para os bombeiros, que dessa forma conseguem chegar à floresta antes do incêndio se alastrar e destruir milhares de hectares.

Instagram

Após ser ajudado, enfermeiro que dormia em terraço doa comida a famílias e leva moradores de rua para almoçar 4