Após 4 meses longe da mãe, enfermeiro que dormia em terraço para protegê-la volta para casa

Após quatro longos meses longe da mãe, o técnico de enfermagem Joseildo Batista voltou para casa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O maior medo de Ildo era pegar a Covid-19 e contaminar a dona Sofia, 72 anos, considerada do grupo de risco por ter asma e problemas cardiovasculares. Decidiu dormir no terraço da casa e tomar banho na unidade de saúde.

O gesto de amor do técnico de enfermagem, que faz “bico” de segurança para completar a renda, comoveu a internet. Lançamos sua vaquinha na VOAA para reformar a casinha onde Ildo mora com a mãe, a irmã e as sobrinhas, em Campina Grande (PB).

selfie técnico de enfermagem mãe
Ildo e dona Sofia. Foto: Arquivo pessoal

Depois que contamos a história do Ildo, a Secretaria Municipal de Saúde ofereceu hospedagem em um hotel para profissionais de saúde que preferiram se afastar dos seus familiares para evitar o risco de transmissão do vírus.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“A prefeitura tomou conhecimento do fato e fui colocado num quarto de hotel. Se não fosse o Razões para Acreditar, hoje, eu poderia estar sem a minha mãe. Sou muito grato a todos que fazem o Razões”, agradeceu.

técnico de enfermagem hall hotel
Ildo ficou hospedado em um hotel 5 estrelas perto da casa onde mora. Foto: Arquivo pessoal

Técnico de enfermagem foi entrevistado pelo fundador do Razões, Vicente Carvalho, e pelo ator Thiago Lacerda em reportagem do Fantástico

Ildo foi infectado pelo coronavírus

Infelizmente, Ildo foi infectado pelo vírus, mas, para o seu alívio, já não estava mais morando com a mãe. Ele teve sintomas leves, desconforto na garganta, febre e dor de cabeça. Ficou dezoito dias afastado do trabalho, isolado no hotel.

“Tomei um susto muito grande! Tive medo, mas ao mesmo tempo alívio em saber que não estava em casa. Não comuniquei a minha mãe que estava contaminado para não deixá-la preocupada”, conta.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O técnico de enfermagem venceu a doença, mas perdeu alguns colegas, como um médico chamado Ricardo Passos, de quem Ildo era um grande admirador.

“Uma pessoa humana que amava cuidar dos pacientes. deixo aqui a minha homenagem a esse grande profissional que hoje está no céu.”

Foto: Arquivo pessoal

A hospedagem no hotel foi mantida até o final de semana dos dias 15 e 16 de agosto. Na segunda (17), Ildo foi para o plantão, e, na terça (18), voltou para casa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“A minha vontade era me recuperar o quanto antes pra poder voltar a ajudar os pacientes e os meus companheiros de trabalho”, lembra.

Vaquinha para filho que cuida sozinho da mãe acamada e foi demitido na pandemia. Clique aqui e contribua.

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,822,141SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Menina pede para comemorar aniversário com crianças de orfanato

Sensibilizada ao descobrir que há um lugar onde vivem crianças sem pais, Laura escolheu fazer sua festa de 7 anos lá. Teve pula-pula, doces e lembrancinhas!

Atendente alegra voo com demonstração de segurança mais engraçada de todos os tempos

Às vezes, fazer tudo igual todos os dias pode ser cansativo. E se der para inovar no trabalho e ainda levar alegria aos outros a...

Ela perdeu o emprego grávida e agora sobrevive vendendo 600 geladinhos por dia

Karita Mendes  estava grávida de 9 meses e trabalhava na área de telefonia. Faltando 10 dias para seu filho nascer, seu patrão fechou a...

Mãe de menina que montou barraca de doces recebe apoio para profissionalizar negócio

Muitas coisas boas estão acontecendo na vida da Nanda e da Maria Luíza depois que a imagem da barraquinha simples de doces da menina...

Menina de 11 anos transforma retalhos de couro que iriam para o lixo em lindas pulseiras (PB)

Da educação financeira, pode surgir arte, sustentabilidade, valorização cultural? Conheça a história da estudante Maria Clara, que já iniciou seus projetos como uma empreendedora...

Instagram