Entregador de comida faz delivery a pé e internautas se mobilizam para ajudá-lo

É difícil de acreditar, mas o jovem José Anderson trabalha fazendo entregas a pé na cidade de Caruaru (PE).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foi a forma que ele encontrou para conseguir arrumar o dinheiro para pagar o aluguel de casa e comprar as coisas necessárias para a criação da filhinha de 6 meses de idade.

Para ajudá-lo, fizemos uma vaquinha no VOAA. Clique aqui e contribua.

Sem dinheiro para consertar a motocicleta que usava para fazer as entregas, há três semanas ele está trabalhando caminhando e às vezes correndo pra lá e pra cá pra garantir a renda de casa.

É duro mas é essa a vida dele e o pior, tem gente que ainda brinca com a situação. “Enquanto tem muita gente que tira sarro, tira onda, me chama de doido, eu me ajoelho, pego minha filha no braço e digo que nunca vou deixar faltar nada para ela“, disse ele.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Imagem de jovem a pé com mochila de entrega de alimentos
Foto: Reprodução/ Vídeo

Antes Anderson fazia 10 entregas por noite e agora só consegue fazer 5, o que rende entre R$ 15 e R$ 30 por noite inteira de trabalho. Pra isso, ele já teve que percorrer distâncias de até 8 km pra fazer uma única entrega.

Desconhecidos estão ajudando

Esta semana, policiais militares da cidade fizeram um vídeo mostrando a situação de José Anderson e o vídeo viralizou. No vídeo o policial diz “Você é um exemplo, não desista“.

Depois disso, Anderson começou a receber ajuda de todos os lados. Várias pessoas estão indo oferecer comida, fraldas, leite, dinheiro.

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar) em

Mas ainda falta consertar a moto para que ele possa deixar de trabalhar a pé. Dois primos e um amigo pagaram uma parte do conserto e Anderson está devendo o valor da outra parte. E o pior: a motocicleta apresentou outro problema.

Para ajudá-lo, fizemos uma vaquinha no VOAA. Clique aqui e contribua.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Até um blogueiro, segundo Anderson, se sensibilizou e disse que vai doar uma moto nova pra ele. “Ele me ligou e disse que pode me dar uma moto nova“, disse Anderson.

José Anderson sonha em ser policial e curiosamente foi ajudado pelos PMs. Ele também já teve um lava-jato de carros, mas a bomba de lavar queimou e ele teve que encerrar o negócio porque não tinha dinheiro para o conserto.

Imagem de jovem a pé com mochila de entrega de alimentos
Foto: Reprodução/ Vídeo

A esposa do entregador, Sthephanny Raiany, de 20 anos, é costureira e está sem trabalhar desde o início a pandemia. O aluguel de casa está atrasado e, por isso, criamos uma vaquinha no VOAA. Você pode ajudar clicando aqui.

“Quero trabalhar de forma honesta”, finalizou José Anderson.

selo conteúdo original

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,520,475SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Nova animação da Pixar aborda temas como morte e mundo das almas; veja trailer

A Pixar divulgou o primeiro teaser trailer da animação Soul ("Alma", em tradução livre), que será lançada em junho do ano que vem. Na história,...

Jason Momoa envia tridente do Aquaman para fã de 7 anos com câncer e faz convite especial

Jason Momoa encheu o Danny de felicidade há algumas semanas, quando fez uma videochamada para conversar com ele, que é um super fã do...

Pai cria perfil divertido para retratar os desafios da paternidade homoafetiva e viraliza

Com mais de 28 mil seguidores no Instagram, o mestre em educação e pai Bruno Vilas Boas mostra que, mesmo com todos os desafios...

Pai com doença degenerativa ensina o que é amor para o seu filho

Amar alguém é querer essa pessoa sempre por perto.

Colégios equipam ônibus escolares parados com Wi-Fi para alunos sem internet

Olha só que iniciativa legal! Um grupo de colégios dos EUA está transformando seus ônibus escolares em pontos de acesso (hotspots) para estudantes que...

Instagram