Trabalhador demitido após atraso por salvar vítima de acidente ganha vaquinha na VOAA

Olha só que difícil a situação do Robsom: ele é entregador em Bertioga (SP) e na segunda-feira (8), enquanto ia para o trabalho, presenciou um acidente de carro. Por escolher parar e socorrer a vítima, ele se atrasou e, quando chegou à empresa, foi demitido.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Vivendo um misto de alegria e tristeza, esse trabalhador diz não se arrepender do que fez. Robsom merece muito ser ajudado e, por isso, lançamos uma vaquinha na VOAA para que ele possa sustentar a família até conseguir um novo emprego. Ajude-o!

View this post on Instagram

A post shared by VOAA – a vaquinha do Razōes (@voaa_vaquinhadorazoes)

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Pai solo com duas filhas pequenas

Com o salário de entregador, Robsom sustentava as duas filhas pequenas, de 2 e 14 anos. Ele é pai solo e vive com o pai, que é pedreiro, e a mãe, que é faxineira. “Eu tive medo do carro explodir comigo ali. Mas pensei nos meus filhos, na Drielly, minha filha de 14 anos, e no João, meu filho de 2 anos. Aquele cara ali morrendo afogado na lama podia ser um pai também. Podia ter duas crianças esperando por ele, como as minhas esperam por mim. Podia ser um filho e ter um pai e uma mãe esperando por ele”, conta.

entregador demitido após salvar vítima de acidente
Robsom Santos, 35 anos, disse que só pensou nos dois filhos ao se arriscar para salvar motorista acidentado na rodovia Rio-Santos, em Bertioga, litoral paulista. Foto: acervo pessoal

Demissão do entregador

Robsom socorreu a vítima e esperou até que uma ambulância chegasse. Isso gerou um atraso ainda maior em sua ida para a antiga empresa. Por estar em período de experiência, ele já esperava que uma demissão acontecesse, mas garante que não se arrepende da ajuda à vitima do acidente.

Aliás, no último dia 10, o “herói” foi encontrar o homem que socorreu. Veja o registro desse momento:

entregador demitido após salvar vítima de acidente
Foto: VOAA

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Vaquinha é para ajudar esse pai a manter a família

A vaquinha da VOAA é para ajudar o Robsom a sustentar os filhos até que consiga um novo emprego. Ele também quer comprar uma moto para trabalhar, já que a anterior era da empresa que o demitiu.

Robsom também quer estudar Educação Física e o motivo é pra lá de significante. “Eu tenho um trabalho sócio-esportivo gratuito aqui no bairro já há 5 anos. Dou aula de futebol pra crianças carentes do bairro nos meus tempos vagos”.

Podemos abraçar sua história e levar um pouco mais de conforto e esperança para ele. Vamos nessa? Clique aqui e faça sua contribuição!

Selo Conteúdo Original Razões para Acreditar

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,500,572SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Taxista encontra Ipad e busca dono pelo Facebook para devolver o aparelho

Imagine perder um aparelho como o Ipad e não ter a mínima ideia de onde encontrá-lo. Mas graças a boa vontade e a honestidade...

Garota trans é surpreendida com a primeira dose de hormônios dada pela mãe nos EUA

A mãe de Corey, Erica Mason, surpreendeu a filha trans com sua primeira dose de hormônios, que a garota de 14 anos aguardava há...

Mulher dirige 10 horas para resgatar gata grávida que vivia nas ruas. Filhotes são uma fofura!

Uma gata chamada Harmony morava nas ruas do centro de Haliburton, em Ontário, Canadá. Quando perceberam que ela estava grávida, os moradores iniciaram uma...

Projeto Amor no Cabide doa agasalhos no inverno em várias cidades

Campanhas do agasalho são comuns no inverno, mas muitos não sabem onde fazer a entrega. Porém, mais uma ação que começou em Porto Alegre...

Médico brasileiro viaja pelo mundo operando mãos de crianças vítimas de guerras e conflitos

Em parceria com a ONG francesa La Chaine de L’Espoir (“A Corrente da Esperança”, em tradução livre), o médico pernambucano Rui Ferreira, de 70...

Instagram