Escola americana trocou punições por meditação e os resultados são animadores

Ao invés de punir os alunos que se comportam mal com castigos e punições, que não resolvem de fato o problema, uma escola em Baltimore, nos Estados Unidos, adotou a meditação para que os alunos se acalmem e reflitam sobre suas atitudes.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A escola primária Robert W. Coleman desenvolveu um programa de exercícios de meditação e yoga que fazem parte da sua grade curricular. As atividades acontecem em uma sala decorada com luminárias e almofadas.

meditacao6

Alunos de diversas classes realizam os exercícios em silêncio e tranquilidade. Muitos deles praticam os exercícios em casa e aproveitam para ensiná-los aos pais que vivem estressados – lembrando que Baltimore é uma cidade com muitos problemas sociais.

meditacao2

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Os pais comentam com a gente que volta e meia estão estressados em casa, e os filhos os convidam a se sentar, se acalmar e respirar, conta Andres Gonzales, da Fundação Holistic Life, parceira da escola no projeto.

meditacao1

O projeto também ensina as crianças sobre meio ambiente e agricultura com atividades práticas. O resultado de todas essas medidas é que o número de punições e suspensões caiu para zero. Podemos dizer também que a relação dos alunos com seus pais em casa melhorou bastante.

meditacao4

meditacao5 meditacao3

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Escola pública da periferia de SP tem ioga e massagem para as crianças

Com informações do Hypeness / Fotos: Divulgação

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,121,804SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Cão ajuda mãe a descobrir que babá maltratava filho de sete meses

Mais uma vez os cães nos mostrando sua lealdade de um jeito inacreditável. Hope Jordan percebeu que havia algo estranho entre a relação do filho e de seu cão de estimação com...

Senhora que aprendeu a ler aos 67 anos se forma na universidade

A dona Leonides Victorino, de 97 anos, passou a infância trabalhando na lavoura, na Zona da Mata de Minas Gerais. Ela também trabalhou como...

Paraense recebe prêmio de melhor professora do Brasil

No dia 29 de dezembro foi comemorada a 11ª edição do Prêmio Professores do Brasil. A professora paraense Lília Melo foi agraciada como a...

Apaixonado por borboletas, fotógrafo passa 3 anos fazendo registros incríveis da espécie em pleno voo

Andrew Fusek Peters é um fotógrafo da vida selvagem, que, entre todos os animais, possui uma predileção especial pelas borboletas. E este encanto é...

Raposas trocam vida selvagem pela companhia do homem que as salvou

Patsy Gibbons, de County Kilkenny, na Irlanda, encontrou as duas raposas quando ainda eram filhotes e cuidou delas para que se recuperassem e pudessem...

Instagram

Escola americana trocou punições por meditação e os resultados são animadores 3