Escola de Bambu: um projeto muito mais do que social

Já ouviu falar no projeto Escola de Bambu?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele nasceu na Libéria, um país da África que viveu em guerra civil por mais de 14 anos na qual os soldados eram, em sua maioria, crianças e jovens. Hoje mais de 60% da população da Líbia é formada por crianças e jovens e a falta condições básicas de sobrevivência assola o país.

Escola de Bambu: um projeto muito mais do que social 1

Escola de Bambu: um projeto muito mais do que social 2

Vendo todo essa triste realidade, Sabato Neufville, Liberiano, construiu uma escola de bambu e consegue hoje educar mais de 300 crianças por mês sem banheiro, água, luz e qualquer outra infraestrutura básica de uma escola normal.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ao visitar a Libéria, o jornalista brasileiro Vinícius Zanotti decidiu ajudar: juntou uma galera, fez um vídeo e está angariando fundos para que esta escola consiga ser levantada o quanto antes e consiga atender ainda mais crianças.

A ideia principal de Sabato é que com a educação as crianças poderão transformar a Libéria num país melhor.

Escola de Bambu: um projeto muito mais do que social 3Escola de Bambu: um projeto muito mais do que social 4

Está a fim de ajudar? Conheça mais sobre o projeto aqui.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,293,090SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Fotógrafa recria fotos as mesmas fotos de crianças agora como adultos

A fotógrafa  Argentina Irina Werning criou uma série de fotos muito interessante chamada “Back to the Future” ou “De volta para o futuro”, onde...

Cerveja SOL começa a ser produzida com 100% de energia solar no Brasil

Desde novembro, a cerveja SOL, que pertence ao Grupo HEINEKEN, utiliza energia solar na produção de 100% do seu volume no Brasil. A utilização da energia solar nas unidades de Ponta Grossa...

Garoto de 13 anos reúne 2 mil cordéis e cria ‘cordelteca’ em Bauru (SP)

Pedro batizou a cordelteca de Gonçalo Ferreira da Silva, nome de um poeta de Ipu, no Ceará, conhecido por ser um dos fundadores da Academia Brasileira de Literatura de Cordel.

Esta startup transforma emoções de histórias de amor em joias – literalmente

Aquele momento que você não consegue expressar, que só consegue contar. Agora pode virar uma joia.

Campanha para salvar milhares de animais silvestres no Pantanal arrecada mais de R$ 1 milhão

ONG e voluntários se arriscam para salvar a fauna da região cercada pelas chamas.

Instagram

Escola de Bambu: um projeto muito mais do que social 6