Escola para mulheres transgêneros na Indonésia quebra padrões religiosos

Conhecidas na Indonésia como waria (uma combinação das palavras “homem” e “mulher” no idioma local), as mulheres trans têm muitas dificuldades para praticar sua fé e estudar o Islã.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A primeira sala islâmica, no mundo, para mulheres transgêneros foi fundada na cidade de Yogyakarta, em 2008, após a cidade ter sido atingida por um terremoto. Sem lugares onde pudessem fazer suas orações, a diretora da escola, Shinta Ratri, 53 anos, e outras mulheres trans criaram o centro, atrás de uma mesquita.

O grupo de estudos conta com 40 pessoas e um fato chama atenção: a maioria das mulheres trans são mais velhas do que as de outros grupos. Grande parte delas não teve acesso à educação islâmica tradicional por terem sido expulsas de casa ainda muito novas.

O objetivo da escola é fazer com que a marginalização social dessas mulheres tenha um fim e que elas sejam aceitas pelos outros muçulmanos, embora a maior organização muçulmana do país, a Nahdlatul Ulama, e outras lideranças muçulmanas progressistas já tenham demonstrado apoio aos seus esforços.

via [Diário da Manhã]

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,274,824SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Professor faz desafio e aluno chora ao ligar para irmã pra dizer: “Eu te amo!” [VÍDEO]

A ideia do professor promoveu a reconciliação de Gustavo com sua irmã: "A ideia de brigar com ela me faz mal".

Atleta ajuda sua adversária a completar prova depois de ter desmaiado

Há alguns dias na maratona de Dallas, bem no final da prova um pouco antes de cruzar a linha de chegada, a atleta Chanlder...

Assistente do Google vai compartilhar “boas notícias”

A Assistente do Google passará a compartilhar razões para acreditar num mundo melhor.

Vídeo nos lembra que tudo que fazemos de bom pra alguém, volta em algum momento

Todo dia é dia de deixar coisas boas no caminho

Empreendedora cria sistema de entrega com bicicletas para mulheres e transexuais

Um sistema de entregas expressa que utiliza a bike como principal meio de transporte. Essa foi a proposta que Aline Rieira apresentou quando se...

Instagram

Escola para mulheres transgêneros na Indonésia quebra padrões religiosos 2