Escolas do Brasil ganham cartilha digital sobre descarte consciente de resíduos sólidos

A maioria das escolas têm pouco espaço na sua grade curricular para o ensino de educação ambiental. Além disso, há uma escassez de material didático qualificado e gratuito, o que facilitaria o compartilhamento de saberes tão importantes para instruir as gerações mais novas a construir uma relação mais saudável e orgânica com o meio ambiente.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Atenta a essa necessidade, a Associação Brasileira de Bebidas (ABRABE) desenvolveu uma série de cartilhas chamadas “Gestos que Mudam o Mundo”, para disseminar nas escolas conceitos de educação ambiental, sem complicação. Um dos objetivos, por exemplo, é ensinar o descarte consciente de resíduos sólidos. As versões para professores e alunos estão disponíveis no site da Associação.

A ideia da ação é transpor as barreias que impossibilitam o ensino de práticas sustentáveis e implementar o material como atividade extracurricular – e, a longo prazo, quem sabe, incluí-las no currículo oficial das escolas. Essa é a segunda etapa do projeto “Ecogesto – Uma atitude sustentável”, que começou em julho deste ano, quando foram distribuídos mais de 4 mil exemplares para escolas da rede pública e particular da região de Capela do Socorro, em São Paulo.

“Cada vez mais a sustentabilidade faz parte da educação das crianças, sabendo disso, vimos a necessidade de um material que ajudasse os professores a ampliar bons hábitos ambientais. A Política Nacional de Resíduos (PNRS) é complexa e envolve todos os elos da cadeia produtiva, incluindo o consumidor final. Por isso, é preciso educar o cidadão desde a infância para o descarte correto de resíduos sólidos. Orientando os filhos, chegamos aos pais e, consequentemente, toda a sociedade”, explica José Augusto Rodrigues da Silva, presidente da ABRABE.

As cartilhas foram produzidas para professores e alunos do 1º ao 4º ano do ensino fundamental e traz os principais conceitos da Política Nacional de Resíduos, como apresentação dos atores envolvidos no processo, orientações para motivar o descarte correto de resíduos sólidos, sugestões didáticas vinculadas aos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs), de atividades lúdicas e referências bibliográficas, além de vídeos para auxiliar o trabalho do professor em sala de aula.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O material foi produzido pela escritora Januária Cristina Alves, mestre em Comunicação Social pela Escola de Comunicação Social da USP (ECA/USP). Ela é especialista em Ação Cultural com crianças e jovens e especialista em Infoeducação também pela ECA/USP.

Foto de capa via

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,565,291SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

[UPDATE VÍDEO] Campanha anti-racismo mostra ofensas próximo de casa dos autores

A ONG Criola, do Rio de Janeiro (RJ), não vai deixar barato o racismo praticado na internet. A campanha “Racismo virtual. As consequência sociais”...

Estudantes desenvolvem bactéria que come plástico dos oceanos e o transforma em água

Por Jessica Miwa A poluição nos oceanos é um problema grave. Segundo estudos recentes, é muito provável que até 2050 terá mais plástico do que...

Pais registram a amizade de filha e doberman para mostrar que a raça não é agressiva

Todos sabem que a combinação criança + cachorro encanta a todos. E com essa dupla, não poderia ser diferente. Siena, de três anos de...

Supermercado oferece carrinhos adaptados para crianças com deficiência

A rede de supermercados Wegmans adquiriu e distribuiu dezenas de carrinhos de compras adaptados para todas as suas lojas espalhadas pelos Estados Unidos. Os...

Mulher insere marido falecido em sessão de fotos e causa comoção na internet

“São memórias para meu filho e milha filha, eles não irão conhecer o pai, mas terão boas referências com estas imagens”, disse Nicolle Bennett...

Instagram