Esse homem doou as botas que usava para sem teto que passava frio no metrô

Sabe aqueles momentos que a gente testemunha e fazem a gente acreditar no mundo, nas pessoas e no amor? Jessica Bell é uma advogada americana, que vive na cidade de Chicago e na semana passada viu uma cena que de uma maneira ou de outra, mexeu com ela e a fez chorar. Ela estava no metrô quando viu um homem sem teto usar um sapato muito maior do que os seus pés e vestir várias meias ao mesmo tempo, na tentativa de se manter aquecido.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Acontece que, na mesma hora, uma outra pessoa viu a mesma cena que Jessica e também ficou emocionado. Essa pessoa era Maurice Anderson, que decidiu dar o seu par de botas, que ele tinha comprado havia pouco tempo e pago 260 dólares por elas. Ele foi falar com o sem teto, perguntou quanto ele calçava e quando descobriu que eles usavam praticamente o mesmo número, não pensou duas vezes e entregou seu próprio sapato. Ele também abriu sua mala e deu um par de meias novo para o homem que passava frio.

Maurice, que tinha outros pares de sapato em sua mala, poderia ter dado qualquer um deles, mas quis dar as botas, porque ficou preocupado pelo frio intenso que o sem teto estava passando, com a probabilidade de ter congelado os pés.

Após Maurice ter dado suas botas, Jessica, que fundou um projeto chamado Bleeding Love, no qual doa produtos de higiene feminina para mulheres sem teto, foi falar com ele e disse que jamais, em sua vida toda, havia testemunhado uma cena assim. Eles depois acabaram trocando cartões e quiseram manter o contato. Atualmente Maurice teve que mudar de cidade, por conta de seu emprego, mas essa amizade provavelmente vai continuar pela vida toda!

Com informações de Good News Network

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fotos: Maurice Anderson

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,836,848SeguidoresSeguir
24,779SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Atleta apresenta jiu-jitsu para prima com Síndrome de Leigh

“Ela abriu um sorrisão dizendo que queria", disse a atleta de jiu-jitsu Emily Alves, mostrando que o esporte é para todos.

Filha vai trabalhar na lavanderia de uma casa de repouso durante a pandemia só pra ficar perto da mãe

A mãe da MJ Ryan vive em uma casa de repouso em Massachusetts (EUA) e por causa da pandemia, ficou sem poder receber visita...

Rap Plus Size e Doralyce levam agito e empoderamento ao festival ‘Artistas de Rua’ em SP

Grandes atrações do festival que rola em São Paulo de 28 de setembro a 12 de outubro, Rap Plus Size e Doralyce prometem colocar a galera para dançar e refletir!

Professor carrega bebê no colo para aluna conseguir fazer anotações da aula

Uma foto sua segurando um bebê no colo de uma aluna para que ela tomasse anotações da aula viralizou nas redes sociais. Moisés Reyes Sandoval...

Instagram

Esse homem doou as botas que usava para sem teto que passava frio no metrô 3