Este cachorro perdeu as 4 patas em uma matadouro na Coreia, mas acabou sendo adotado

Este cachorro de 2 anos passou a maior parte da sua vida pendurado de cabeça para baixo em um matadouro de cães, na Coreia do Sul. Suas pernas estavam tão bem amarradas que a carne foi infectada e começou a apodrecer.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quando viram que a carne não serviria mais para comer, o cãozinho foi abandonado em uma lixeira. Por sorte, ele foi encontrado a tempo pela Animal Rescue Media & Education. “Ele sobreviveu e um dia após a operação já estava tentando andar. Sorriu e abanou o rabo”, disse Shannon Keith, presidente da organização.

O animal ganhou o nome de “Chi Chi”, que quer dizer amor em coreano. Depois de passar dois meses se recuperando em uma clínica veterinária em Seul, o cãozinho foi levado para a casa da família Howell, em Phoenix, no Arizona (EUA).

Leia também: Mulher compra abrigo de cães porque não poderia adotar um único cão

Em breve, Chi Chi deve receber uma prótese e ser treinado para virar um cão de terapia para confortar crianças e idosos que perderam algum membro.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

rescue-dog-leg-amputation-chichi-south-korea-4

rescue-dog-leg-amputation-chichi-south-korea-6

rescue-dog-leg-amputation-chichi-south-korea-10

rescue-dog-leg-amputation-chichi-south-korea-14

rescue-dog-leg-amputation-chichi-south-korea-15

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

rescue-dog-leg-amputation-chichi-south-korea-16

rescue-dog-leg-amputation-chichi-south-korea-17

rescue-dog-leg-amputation-chichi-south-korea-22

rescue-dog-leg-amputation-chichi-south-korea-41

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Assista ao vídeo também [áudio em inglês]:

https://www.youtube.com/watch?v=wMA8jDo1RF4

via [boredpanda]

Quer ver a sua pauta aqui? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,081,366SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Projeto realiza lindos ensaios fotográficos para valorizar mulheres amputadas

Cacá Dominiquini, de Campinas (SP) tem 42 anos e trabalha como fotógrafa desde 2009. Seu sonho sempre foi realizar um projeto autoral. Com isso em...

Oficina de “desprincesamento” combate o sexismo e empodera meninas no Chile

As atividades são divididas em seis módulos na Casa de Cultura da cidade. São realizados debates, aulas de defesa pessoal, cantorias e atividades manuais.

Estudantes de arquitetura constroem casa com tijolos feitos de lixo industrial

Por Jéssica Miwa É o que dizem: se a vida te dá limões, faça limonadas. Não há fórmula perfeita a não ser aproveitar recursos disponíveis...

No ES, prefeito cancela carnaval para investir em educação e saúde

Vocês se lembram daquele prefeito maravilhoso de Colatina, no Espírito Santo, que foi pego de surpresa enquanto plantava as mudas dos canteiros da cidade...

Instagram

Este cachorro perdeu as 4 patas em uma matadouro na Coreia, mas acabou sendo adotado 3